Você está comendo inseto em pó e nem sabe

domingo, 22 de abril de 2012

cochonilha_iogurte

Uma das coisas mais bizarras dos alimentos industrializados é que não fazemos ideia da metade do que tem ali dentro. Você sabe realmente do que é feito o refrigerante? Ou o iogurte na sua geladeira? Quando lemos a composição das coisas tudo começa bem, com coisas que sabemos o que é como água, leite, etc, mas depois várias siglas começam a aparecer, tipo C.I. 75470.

cochonilha inseto

Sabe o que é esta sigla acima? Trata-se do ácido carmínico, uma hidroxiantapurina glucosídica vermelha que existe naturalmente em alguns insetos como a cochonilha. Originário do México, este bichinho mede de 2 a 5 milímetros de comprimento e se alimenta da seiva de cactos e outras plantas.

 

cochonilha folhaA cochonilha é utilizada na fabricação de muitos produtos, entre eles biscoitos, geleias, sobremesas e até mesmo alguns cosméticos. Quando for ao supermercado da próxima vez, cate algum produto de cor vermelha e procure pelo C.I. 75470, E120 ou"Corante natural carmim de Cochonilha".

 

No Brasil ela é considerada uma praga de jardim, causando aquelas bolinhas brancas com aparência de algodão próximas às folhas, enfraquecendo a planta e atraindo formigas.

 

cochonilha biscoitoDefensores dos direitos dos animais, além dos vegetarianos, protestam contra o uso do corante pois cerca de setenta mil insetos precisam ser mortos para se obter meio quilo de corante. Aparentemente os protestos deram resultado pois a rede de cafeterias Starbucks, que utiliza o corante proveniente da cochonilha para suas bebidas e cupcakes de cores vermelhas, como as de sabor morango, vai mudar para o uso do licopeno, que é extraído do tomate, melancia, goiaba e outras frutas.

 

E você? Se incomoda com o pozinho de insetos na sua comida?

 

Fontes: Wikipédia, InventorSpot,

Charge de Juh Faceto Alves

17 comentários:

Morbeck 22 de abril de 2012 14:13  

Uma vez um colega meu me deu um biscoito, depois que eu comi outro colega veio e me disse que ele só me deu aquele biscoito por que tinha caído no chão.

Sabe o que eu descobri? Que não importava se tinha caído ou não, mas que o melhor era nunca ter noção dessa possibilidade.

Anônimo 24 de abril de 2012 09:07  

Basta olhar a água que bebemos, num microscópio, para ficar tentado a ter sede pelo resto da vida!

Somos uma colônia de seres compartilhando um único organismo!

Riothamus 24 de abril de 2012 15:28  

Estava comendo um recheado de morango no momento que eu li a notícia, olhei por curiosidade e e tá lá o carmim.

Anônimo 24 de abril de 2012 19:15  

Isso não é de agora não, a palavra vermelho é uma derivação de vermiculo (diminutivo de verme), pois as civilização egípcia utilizava um pequeno verme para conseguir um pigmento vermelho, é verdade não estou zuando não.

Abraço

Anônimo 28 de abril de 2012 12:22  
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo 29 de abril de 2012 02:22  

Você sabia que o Ocioso tem um irmão? Não!!! Então venha se divertir no http://tedioso.com ;)

Anônimo 29 de abril de 2012 14:09  

Eu até entendo os vegetarianos quererem sua comida livre de conteúdo de origem animal, mas os comedores de carne não tem nada que reclamar afinal um boi é tão animal quanto a cochonilha, comer um churrasco é tão consumir animal quanto comer produto com o corante de cochonilha. Além disso não existe a possibilidade de livrar totalmente dos insetos na maioria dos alimentos, pode perguntar pra qualquer um que entenda das regras da vigilancia sanitária, existe inclusive um limite permitido de partes de insetos em todo tipo de alimento especialmente grãos como arroz, feijão, trigo etc. No caso do Starbucks eles quiseram substituir corantes artificiais conhecidos por ser cancerígenos por algo natural e inofensivo e se deram mal por causa dos vegetarianos. E não é como se eles siplesmente fossem na natureza pra pegar os insetos, eles são criados pra isso em ambiente limpo e controlado. Qualquer um reclamando de consumir cochonilha tem primeiro que parar de comer qualquer coisa de origem animal ou vai estar sendo COMPLETAMENTE HIPÓCRITA...

Google blog - notícias 29 de abril de 2012 14:45  

por isso que nunca gostei disso

Anônimo 29 de abril de 2012 16:03  

Eu estava comendo uma bolacha com corante de insetos até ler esse artigo e sabe oque eu fiz? continuei comendo minha bolacha com corante de insetos, estava gostoso hem.

Midiafire 29 de abril de 2012 16:18  

Olá! Queremos convida-lo a conhecer e divulgar seu site no Midiafire - Agregador e indexador de links.

Sucesso!

Equipe Midiafire

Anônimo 29 de abril de 2012 19:31  

Não tem problema, mate os bichos tomando uma cachaça antes de comer.

Anônimo 29 de abril de 2012 20:22  

disso eu ja sabia a um bom tempo. E como diz a minha mãezinha: Bicho maior engole o menor, Sábias palavras. :)

Siracusa 29 de abril de 2012 21:16  

A Unica Soluçao é comer só Coisas Naturais outro jeito nao tem

Anônimo 29 de abril de 2012 22:05  

Ainda bem que eu não como biscoito de morango, só de chocolate...=D

Anônimo 29 de abril de 2012 22:40  

Não acredito que defensores dos direitos dos animais protestem contra morte de insetos minúsculos!!!
Não acredito nisso!
Por que não morrem esses desgraçados infelizes. Esse tipo de gente está emburrecendo a raça humana!

Anônimo 2 de maio de 2012 19:17  

Bom, é terrível em todos os aspectos, mas ao menos no que concerne a nossa saúde, são insetos criados e limpos, espero eu. Pela "tolerância" com fragmentos de insetos "selvagens" da nossa lei, cada cidadão pode comer, nos produtos industrializados, uma quantidade de fragmentos equivalente a pelo menos uma bela barata adulta completa e bem fornida/ano. Nem precisaria dizer, é evidente que quem ditou a tal lei foi o "trust" das indústrias alimentícias.

Pedro Menchik 7 de fevereiro de 2014 23:58  

Não há nenhum problema com o carmim de cochonilha. Entenda: http://alimentandoadiscussao.com/2014/02/04/carmim-de-cochonilha-insetos-na-minha-comida/

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+