O caos, a destruição e os bichinhos de estimação

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Você tem um animalzinho em casa? Se a resposta é positiva também é provável que ele tenha feito algumas besteiras e você precisou ter uma boa dose de paciência para ensiná-lo como não destruir a casa. Entre as pessoas que já sofreram com seus bichinhos existem as mais incríveis histórias. De  cães que comeram notas de 50 Reais a gatos que trouxeram bichos mortos em “homenagem” ao seu dono.

bichinhos destruidores caos

Entre as experiências que passei tenho um gato que comeu o fio do carregador do meu notebook, transformou o sofá em arranhador, matou as plantas e conspirou com as cachorras jogando biscoitos e outras guloseimas de prateleiras altas. Com muita paciência, amor e boas risadas no processo o pequeno furacão que está na sua casa pode se tornar um companheiro bem educado (o meu se tornou, a única coisa que restou foi a conspiração ocasional).

bichinhos destruidores papel higienico

Com certeza (tenha um bicho ou não) você pode se identificar com o sofrimento das pessoas que chegaram em casa e encontraram as cenas abaixo.

bichinhos destruidores almofada

bichinhos destruidores sofa 2

bichinhos destruidores colchao

bichinhos destruidores fotos e natal

bichinhos destruidores papel higienico

bichinhos destruidores sofa

bichinhos destruidores lixo

bichinhos destruidores cd treino

bichinhos destruidores jornal

bichinhos destruidores ovos

bichinhos destruidores notebook

bichinhos destruidores papelao

bichinhos destruidores portas

bichinhos destruidores minie

bichinhos destruidores telefones

bichinhos destruidores sofa 3

bichinhos destruidores trabalho

bichinhos destruidores fio

bichinhos destruidores papel higienico 2

Fonte: Izismile

8 comentários:

Anônimo 9 de setembro de 2011 13:53  

kkkkk,so nos que temos animais pra dar risadas com essas tragedias ne!!!eu me divirto pacas!realmente e preciso ter paciencia e se o animal precisa de bons modos,cabe a nos buscarmos um profissional para ensinar a eles que e preciso.tenho 4 gatos e 2 caes,ai ja imaginaram ne,3 gatos sao tem um ano,sao irmaos,eu nunca vi isso,so vendo o que eles fazem pra acreditar,sem contar que um dos caes e um sao bernardo,kkkkk,quem conhece a raca sabe do que estou falando!ai ai,so sei que e muito bom!

† Karine † 9 de setembro de 2011 15:33  

Quem quer se divertir, ama bichos, e tem paciência, é só arrumar um maluquinho desses aí. kkk's...
Tenho duas cachorras, já me deram muito trabalho, mas ultimamente não fazem quase nada. rsrsrs...

Observei aquele que destruiu os CDS de treino, ele devia estar irritado com suas aulas de treino, então resolveu dar um basta! kkk's...

Fabiane 9 de setembro de 2011 22:06  

Como eles podem ser divertidos mesmo. Quando o meu Poodle era pequeno, ele era um verdadeiro terremoto e até me identifiquei com algumas daquelas cenas pq qdo chegávamos em casa,era daquele jeito que estava.

Mas agora ele está velho e não faz mais nada, podemos sair que quando voltamos o mesmo está dormindo...Sinto faltas

Lembro-me até da última vez que ele aprontou foi quando pegamos um Pincher e aí ele ficou meio agitado e quando voltamos da formatura da minha irmã até as calçolas da minha mãe tinham ido parar no meio da bagunça...Foi hilário..kkkk

Lili 10 de setembro de 2011 01:07  

Quando temos animais, acho que nos tornamos até um pouco masoquistas: rimos das besteiras que eles fazem. Aqui em casa, tivemos que tirar tudo que podia quebrar das prateleiras (a minha gatinha decapitou inúmeras vezes uma boneca minha), a poltrona mais parece uma peneira, o ralo da pia da cozinha já veio parar no 2º andar. As almofadas que colocamos para os dois cachorrinhos, viraram história, etc. Ou seja, com 3 gatos e 2 cachorros...é muito bom! E o mais engraçado: quando eles ficam quietos demais, nós já ficamos preocupados. huahuahha

Dani Mont 10 de setembro de 2011 09:36  

Perdi as cotas de quantos objetos encontrei comido pelo meu Labrador, o Baroni! rsrsrs
O mais desastroso foi a máquina de lavar, em uso apenas por 15 dias!!! Pior foi ver a cena ao chegar em casa e ao invés de matar o cachorro, rir da merda q ele fez! kkkkkkkkkk

posto.turistico 10 de setembro de 2011 11:57  

kkkkkkkkkkkk ri muito com as fotos,tenho seis caes, mas a que mais deu trabalho foi a Amy,mestiça de Labrador, comeu tantos chinelos e tigelas que perdi a conta, qdo achei que ela tinha melhorado ela comeu uma nota de dez reais, ainda bem que era só dez, e ainda deu pra aproveitar a nota rsrsrs...

Helda Duarte 10 de setembro de 2011 12:04  

A gente gosta e até se diverte. O importante é saber que eles também se divertiram. Bjs para todos.

Anônimo 12 de setembro de 2011 11:35  

Também tenho minhas histórias: Certa vez vi, num quiosque de beira-de estrada, em Limeira, uma cadela Dalmata, novinha,diferente. Essa era de cor branca com manchas marrons. Lindíssima. Não tive dúvidas. Comprei-a. Logo após arranjei um filhote macho, da mesma raça. Eles eram brincalhões como todos os dalmatas. Mas roiam tudo o que encontravam. Certa vez, ao receber visitas, colocamos os dois num galpão de 60 m,2, ao lado de casa, enquanto recebíamos a visita. Em certo momento, um de meus filhos foi ao galpão ver se estava tudo em ordem. Gritou o meu nome e disse que havia muita fumaça no ambiente. Pensou que fosse de fogo. Quando lá cheguei senti o cheiro de cal. os dois dalmatas haviam mordido um saco novo cheio de cal hidratada e começaram a chacoalhá-lo e jogá-lo de um lado para outro até que toda a cal se espalhasse no ar criando uma neblina espessa. Resultado, tivemos que dar banho nos dois à noite, e levamos um mês para limpar o galpão da poeira depositada em todos os cantos, bordas, prateleiras e material. Ainda bem que os nossos automóveis, que também lá, estavam estavam com os vidros fechados e trancados. Chega de Dalmatas em nossa vida.
Alfredo

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+