A nova febre do ouro no Peru e suas terríveis consequências

domingo, 21 de agosto de 2011

O mundo passa por mais uma crise global e neste cenário o preço do ouro está em alta. Isso fez com que a corrida para conseguir o valioso metal tivesse um aumento significativo. A destruição da Amazônia Peruana volta a ser uma grave preocupação pois trabalhadores escavam a área sem parar em busca de qualquer pedrinha.

febre do ouro pepitas

Muitos deles trabalham em condições de escravidão, pois passam a dever muito por serviços inflacionados. Infelizmente este é um costume presente também em locais de exploração de ouro no nosso país.

febre do ouro trabalhadores 2

A devastação causada pela nova febre do ouro no Peru está atingindo níveis alarmantes. Para atingir o solo, onde se encontra o metal, muito óleo diesel é queimado, árvores são arrancadas, toneladas de mercúrio são despejados no ar e no rio. As crateras causadas pelo desmatamento já podem ser vistas do espaço.

febre do ouro floresta morta

Somente o estado de Madre de Dios é responsável pelo vazamento de 35 toneladas de mercúrio por ano em rios e no ar. Segundo alguns estudos, os efeitos desta contaminação já estão sendo vistos na população, plantas e nos animais da região.

febre do ouro familia

Esta exploração irregular é responsável por um quinto das 175 toneladas cúbicas de ouro que o país produz por ano, sendo ele o quinto maior produtor mundial do metal.

febre do ouro devastacao

A produção ilegal de ouro no Peru não deve acabar tão cedo, afinal qualquer tentativa de controle por parte do governo é rapidamente contornada. Se o governo destrói equipamentos hoje, basta olhar para o outro lado que o processo de extração começa novamente. Outra dificuldade é a lucratividade desta atividade.

febre do ouro alojamentos

Pessoas em cargos altos no governo estão envolvidos na exploração ilegal. Em 2010 foi descoberto que o diretor regional de mineração tinha uma empresa de mineração, assim como sua esposa e irmã. O segundo no cargo, também tinha, assim como a esposa e irmã. Fica difícil combater a destruição da floresta quando as pessoas responsáveis pela fiscalização estão lucrando com o que deviam estar combatendo.

febre do ouro jazida

Foi feita uma tentativa de regularização da atividade, mas esta não deu certo. Dois meses após o inicio do projeto, um grande protesto envolvendo milhares de operários da mineração fechou a principal rodovia da região. Durante a revolta bananas de dinamite foram jogadas na polícia,  que respondeu a tiros, matando 6 manifestantes. Isso fez com que o decreto fosse suspenso e desde então a atividade continua, quase sem regularização

febre do ouro noite

Não pense que somente os donos das mineradoras lucram com a atividade ilegal de extração de ouro. Índios locais cobram taxas por serem donos da terra, mafiosos cobram por proteção e bares funcionam como prostíbulos onde crianças e adolescentes, muitas delas vendidas pelas famílias, trabalham vendendo o corpo. Sobre este assunto recomendo muito o filme Anjos do Sol.

febre do ouro protibulos

Abaixo estão mais imagens que mostram a triste realidade de quem busca o ouro em uma época onde ele é cada vez mais valorizado.

febre do ouro bares

febre do ouro floresta morta2

febre do ouro mangueira

febre do ouro trabalhadores

febre do ouro trabalho

febre do ouro corvos

 

Fontes: Huffington Post, Dogguie

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+