Jogos que foram cancelados ou atrasados por causa de desastres

domingo, 27 de março de 2011

O terremoto seguido de tsunami que atingiu recentemente o Japão causou danos incalculáveis para a população e afetou também diversos negócios. O filme Além da Vida, de Clint Eastwood, havia entrado recentemente em cartaz por lá e foi retirado dos cinemas pela Warner Brothers por retratar com detalhes em uma de suas cenas o tsunami no Oceano Índico em 2004.

 

Desastres deixam os consumidores sensíveis para assuntos específicos e as empresas sabem disso. Com os games não é diferente e os jogos abaixo sofreram atrasos e/ou cancelamentos causados por acontecimentos do mundo real.

 

Six Days in Falluja

(PC/PS3/360)

 

 

O jogo desenvolvido pela Atomic Games retrata seis dias em uma batalha real que aconteceu durante a Segunda Batalha de Falluja, em 2004, considerada o maior e mais sangrento confronto da Guerra do Iraque.

 

Como o assunto ainda está muito recente e o jogo de certa forma glorificava a morte de várias pessoas durante a operação, alguns militares e ONGs condenaram o jogo. A Konami, que estava responsável pela distribuição, resolveu se afastar e a Atomic Games suspendeu o lançamento por tempo indeterminado. Atualmente parte da equipe de desenvolvimento foi demitida e não se sabe mais sequer se o jogo chegará às lojas.

 

Propeller Arena: Aviation Battle Championship

(Dreamcast)

 

 

O jogo retrata um campeonato de batalhas aéreas que ocorre em ambientes urbanos no ano de 2045. Até aí nada de errado, mas o lançamento deste título ocorreria apenas dias após os atentados de setembro de 2001.

 

Para evitar problemas a Sega resolveu adiar a estréia, mas a fatia de mercado do Dreamcast estava diminuindo rapidamente, por isso analistas acharam melhor nem colocar o game nas prateleiras para evitar prejuízos. Posteriormente um ISO do game caiu na net e se tornou popular entre os saudosistas do console.

 

Command and Conquer: Red Alert 2

(PC)

 

 

Lançado em maio de 2001, este game não foi cancelado por causa dos ataques do 11 de setembro. O estúdio responsável pelo desenvolvimento dele resolveu retirar todas as cópias restantes das estantes porque em uma de suas campanhas haviam objetivos como destruir o Pentágono e o World Trade Center. Logicamente estes não eram objetivos bem vistos naquele período.

 

Disaster Report 4: Summer Memories

(PS3)

 

 

A série Disaster Report já é bastante conhecida no Japão por suas aventuras em momentos de crise. O quarto título iria trazer algumas novas funcionalidades, cerca de 60 personagens e suporte ao Play Station Move. A Irem, que estava desenvolvendo e iria distribuir o jogo resolveu mudar os planos por causa do terremoto que atingiu o Japão em março. Disaster Report 4 foi cancelado e parece que nunca chegará às lojas.

 

 

Ryū ga Gotoku Of the End

(PS3)

 

 

A sétima parte da saga Yakuza seria lançada no dia 14 de março no Japão, mas por causa do terremoto a data foi cancelada e não se sabe quando o título chegará às lojas.

 

Diferente dos outros games que fazem parte desta lista, Ryū ga Gotoku Of the End não retrata acontecimentos reais, na verdade o jogo começa pouco depois dos acontecimentos vistos em Yakuza 4, quando a cidade é invadida por uma horda de zumbis.

 

Imagens de divulgação deste título mostravam uma cidade japonesa completamente destruída, o que alguns acharam muito próximo das fotografias pós terremoto.

 

Fonte: The Kartel

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+