Lojas inglesas planejam banir a Steam

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

steam icone Quem gosta de games provavelmente já conhece a Steam. O serviço, criado pela Valve, é a maior loja digital de games do mundo sendo responsável por 80% das vendas de jogos para PC por download. Eles conseguiram este posto dando aos consumidores promoções incríveis e aos desenvolvedores uma plataforma para reunir jogadores e garantir a venda de games originais.

 

No início apenas os jogos da Valve (como Half-Life 2 e Counter Strike) instalavam e utilizavam o serviço. Agora um número maior de desenvolvedores estão fazendo uso da Steam para games famosos como Fallout: New Vegas e Call of Duty.

 

Isso está preocupando muito as lojas, pois eles estão vendo o público deixar de comprar a mídia física para passar a possuir os títulos digitalmente e já tendo a Steam instalada no computador ela seria a primeira loja procurada pelo consumidor. As principais redes de games estão criando seus próprios serviços de distribuição digital, mas o mercado já está tomado pela Steam, por isso eles resolveram atacar enquanto é tempo.

steam store

Duas das maiores lojas de games da Inglaterra estão exigindo que os distribuidores dos jogos removam a instalação da Steam de seus produtos, caso contrário eles não chegarão às prateleiras.

 

Nesta briga os distribuidores ficam em uma situação delicada, afinal a Steam funciona também como rede social e autenticador para os games. Retirar o serviço implicaria em uma mudança complicada, mas por outro lado as vendas digitais ainda são menores do que as feitas em lojas físicas, por isso eles não podem virar as costas para estas empresas.

 

digital download A justificativa para este ultimato é de que as lojas não querem o mercado de games acabando como o de música, dominado pela iTunes nos EUA e na Europa. A loja de músicas da Apple é tão grande que atualmente é ela quem dita como vai se comportar o mercado.

 

Se por um lado é ruim existir um monopólio para a venda de games através da distribuição digital, fica difícil para a pessoa ter instalado em seu computador um aplicativo para cada loja física existente. Atualmente já tenho no meu PC a Steam e o Games for Windows Live, dificilmente gostaria de ter mais um programa para comprar e gerenciar jogos. Vale lembrar que cada loja digital tem suas regras, pode ir à falência (levando seus jogos junto) e possui outros detalhes que precisam ser levados em consideração.

 

A guerra está iniciada entre a Steam e as lojas físicas. Quero saber mesmo é o que isso significará para nós, que pagamos pelo jogo e pelo serviço.

 

Fontes: Wired, MCV

2 comentários:

IraCroft 15 de novembro de 2010 13:02  

Bemmm sou fanzassa de midia fisica..para colecionador...estou pensando em passar a jogar pelo Steam dpos do Nerdrops de games 002 que falamos sobre isso.
Mermo a midia virtual crescendo muito e ocupando o gosto da galera acho muito dificil conseguir impedir os sucessos das midias fisicas!

@Iracroft

Arthurius Maximus 16 de novembro de 2010 10:39  

Não compro nada na steam justamente por não confiar integralmente nesse negócio de não ter a mídia em mãos. Se tendo o programa na mão já é fácil de tomar uma rasteira; imagine sendo dono "virtual" de algo?

Sua compra fica integralmente apoiada na garantia do vendedor; e isso não é nada bom.

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+