10 celebridades que foram adotadas

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Muitas pessoas não conseguem ver o ato da adoção como algo tão forte quanto ter um filho “de sangue”, e adotam uma criança mas não o tratam tão bem quanto tratariam um filho “legítimo”. Vejo a adoção como algo importante, um laço construído entre duas pessoas que precisam uma da outra e de onde um grande amor pode surgir.

 

Existem muitos filmes que mostram a criança adotada como um problema. A Órfã e O Pestinha são apenas dois que me vieram a cabeça. Por outro lado diversos astros do cinema estão adotando crianças de países em desenvolvimento. Resta saber se é moda ou se estas crianças terão uma verdadeira família.

 

As pessoas abaixo foram adotadas quando crianças e se tornaram celebridades nas mais diferentes áreas. Algumas com histórias felizes e outras nem tanto.

 

Se você pensa em ter um filho e tem algum interesse pela adoção, informe-se pelo site Adoção Brasil, bastante útil para quem pretende tornar-se pai ou mãe desta maneira.

adotados bill clinton

10 – Bill Clinton – O ex-presidente americano nasceu em agosto de 1946. Três meses antes, seu pai supostamente morreu em um acidente de carro. Quatro anos mais tarde sua mãe se casou com Roger Clinton, que adotou legalmente o garoto, dando-lhe seu sobrenome.

 

Andy Warhol
Debbie Harry, c. 1980 (F&S IIIC. 53) 
Unique Screenprint on Arches Aquarelle Paper
40 1/8 x 60 inches 
Authenticated on verso by Estate of Andy Warhol.

09 – Debbie Harry – Nascida em julho de 1945 com o nome de Angela Trimble, a vocalista do Blondie foi adotada por um casal de Nova Jersey. Ela nunca procurou pelos pais biológicos.

 

adotados ray liotta

08 – Ray Liotta – Nascido em dezembro de 1954 na cidade de Nova Jersey, o ator foi o fruto de uma gravidez não planejada de uma mãe solteira. Ele afirmou se sentir rejeitado quando era criança e que isso o afetou desde então. Aos 51 anos contratou um detetive particular para achar sua mãe. Liotta achava que tinha alguma descendência italiana, mas isso não se comprovou ao conhecer sua mãe biológica. Ele descobriu que tinha um meio-irmão.

 

adotados faith hill

07 – Faith Hill – Nascida em setembro de 1967, a cantora foi filha de pais separados, que a deram para adoção poucos dias depois ao casal Ted e Edna Perry. Anos depois ela reencontrou a mãe biológica, mas ela veio a falecer pouco tempo depois. O pai biológico morreu em um acidente de carro quando a cantora tinha apenas 10 anos.

 

DR1014_Eric_CLAPTON 79942

06 – Eric Clapton – Ele na verdade nunca foi legalmente adotado. Sua mãe, Patricia, engravidou de um soldado canadense, alocado na Inglaterra, que tinha uma família no Canadá. Quando ela deu a luz o pai já havia voltado para a esposa e lhe deixado sozinha. Os avós resolveram criar Eric como se fosse seu filho, acreditando que Patricia era sua irmã mais velha. Ele descobriu tudo quando tinha 9 anos de idade. Segundo o cantor seu mundo emocional foi devastado.

 

adotados nelson mandela

05 – Nelson Mandela – O ex-presidente sul africano nasceu em julho de 1918. Era filho de um nobre da tribo Thembu, que foi fundamental na ascensão do amigo Jongintaba Dalindyebo ao trono da tribo. Quando o pai biológico de Mandela faleceu, vítima da tuberculose, Dalindyebo o adotou informalmente aos 9 anos de idade. Rolihlahla é o nome do meio de Mandela, que coloquialmente poderia ser traduzido como “encrenqueiro”.

 

adotados merilyn monroe

04 – Marilyn Monroe – Quem vê a atriz em fotos e filmes não imagina a infância conturbada que ela teve. Nos primeiros anos de sua vida passou pelo cuidados de sua mãe, que tinha problemas mentais, lares adotivos e orfanatos. Aos 11 anos de idade foi morar com Grace Mckee Goddard, amiga de sua mãe, mas 5 anos depois foi abandonada pelo casal, que se mudou deixando a garota para trás. Para escapar de uma volta ao orfanato ela se casou com seu vizinho James Dougherty semanas após completar 16 anos.

 

adotados john lennon

03 – John Lennon – Quando seu pai abandonou sua mãe, Julia, ela não queria (ou não podia) cuidar do garoto, que foi criado por sua tia Mimi. Quando ele era jovem uma tentativa conturbada de reaproximação com sua mãe foi tentada. O episódio é relatado no filme O Garoto de Liverpool (clique aqui para ver o trailer). Quando atingiu o sucesso John comprou para Mimi um bangalô na costa da Inglaterra, onde ela viveu até sua morte.

 

adotados priscilla presley

02 – Priscilla Presley – Nascida em maio de 1945, era filha de um piloto da marinha, que morreu em um acidente quando ela ainda era um bebê. Sua mãe se casou novamente com um militar em 1948. Joseph Paul Beaulieu foi o único pai que Priscilla conheceu. Ele a adotou e Priscila viveu com a família até o casamento com Elvis.

 

adotados steve jobs

01 – Steve Jobs – O dono da Apple nasceu em fevereiro de 1945 e foi adotado dias depois pelo casal Paul e Clara Jobs. Eles o levaram para Mountain View, na Califórnia. Seus pais biológicos, o professor de ciências políticas Abdulfattah Jandali e a terapeuta da fala Joanne Simpson não eram casados na época. Depois do matrimônio eles tiveram uma filha, a escritora Mona Simpson. Ela e Jobs só se conheceram quando adultos.

 

Fonte: Weinberger

14 comentários:

Anônimo 2 de dezembro de 2010 08:05  

Steve Jobs era gatinho!Eu pegava!!^^
Ps:Eu sou menina!!

william 2 de dezembro de 2010 11:34  

Eu queria ser adotado pela Scarlett Johansson *-*

popibs 2 de dezembro de 2010 11:37  

tem tambem o Mario Balotelli
do manchester city, ex internazionale di milano
joga pa caramba

Anônimo 2 de dezembro de 2010 12:09  

Nicole Camille Richie (antes; Nicole Camille Escovedo) nasceu no dia 21 de setembro de 1981, em Berkeley, Califórnia. Seu pai biológico é Pete Escovedo, ex-músico da banda de Lionel Richie, e sua mãe não é conhecida. O cantor Lionel Richie e sua então esposa, Brenda Richie, a adotaram oficialmente aos 2 anos de idade.

Nicole teve uma infância muito difícil, com a separação dos pais, o pouco contato com o pai, que estava sempre viajando em turnê, e o uso de drogas, que começou quando ela tinha apenas 12 anos.

Ela cursou o ensino médio na The Buckley School com sua amiga Paris Hilton, que é amiga de Nicole desde os três anos de idade.

Após graduar-se no ensino médio, Nicole seguiu seus estudos na Universidade do Arizona. Mas por pouco tempo, dois anos depois, desistiu dos estudos.

Emannuel - Distribuidor Independente Herbalife 2 de dezembro de 2010 14:13  

Fantástica sua matéria !

Deseja trabalhar à partir de sua casa podendo ganhar royalties, viagens, bonificações ?

Visite:

http://hlifee.blogspot.com/

Um abraço

Anônimo 2 de dezembro de 2010 17:40  

Moral do post: adote crianças, elas podem crescer e virar multimilionárias hauhauha

lauan 6 de dezembro de 2010 09:25  

Post muito bom!

http://www.neobux.com/?u=lauans

Grazi 6 de dezembro de 2010 13:15  

Nossa supe interessante, eu nem imaginava q essas celebridades fossem adotadas, principalmente o John Lenon =)

aurisson 6 de dezembro de 2010 23:54  

Olá! Belíssimo texto!

Se vc aceita inclusões, sugiro o Milton Nascimento, um dos nossos maiores artistas. Confira a biografia dele no wikipedia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Milton_Nascimento


Abração!

Daniel 7 de dezembro de 2010 09:10  

Ah, fala serio! A Presley é a cara do Elvis!!

Anônimo 7 de dezembro de 2010 12:44  

Priscilla Presley é EX-MULHER de Elvis, a filha é Lisa Marie. Vc confundiu uma com a outra, Daniel. No texto tem que não é a filha...mas acho que daria muito trabalho ler.

Anônimo 12 de julho de 2011 06:41  

Isso prova, que o sucesso já nasce c/ a pessoa!
independente dos pais. e que já é motivo de motivo de sorte, ter sido abandonado. E logo em seguida, já achar alguém que o cuide!
algumas pessoas já nascem com o dom. algumas desenvolvem.

Anônimo 8 de agosto de 2011 11:09  

Na realidade, o pai de John Lennon não abandonou Julia. Ele trabalhava em um navio, logo, constantemente viajava a trabalho. A relação de Alf com Julia era conturbada, e ela se separou dele e se juntou com um outro homem, com quem teve 2 filhas, se não me engano.

John foi criado por Mimi pelo fato de que ela julgava que a casa de Julia era um ambiente não propício para o bom desenvolvimento do garoto. Inclusive, John não tinha um quarto próprio, tendo que dormir na cama de Julia, entre ela e o marido. A partir disso, uma assistente social foi mandada à casa e John teve de ir morar com Mimi.

Ao contrário do que é dito, John conviveu bastante com Julia, ia regularmente à sua casa, sabia que ela era sua mãe, apenas tinha uma relação diferente, não convencional, mas a amava e era muito amado.

fbxurumela 3 de março de 2015 21:01  

Não gosto do Lennon, mas "Mother" dói dentro da alma. Só adotivos são capazes de entender uma letra como essa:
"Mother, you had me, but I never had you! Father, you left me, but I never left you!" Decepção, tristeza, raiva e rancor abissais... Isso nunca saiu de dentro dele. Pelo menos ele não foi hipócrita a ponto de dizer que não tinha importância, como o Jobs...
Sou fã do Clapton. Creio que a relação obsessiva dele com a guitarra e a veneração pelo Blues (uma forma musical de lamento, dor e choro) foram uma forma de sublimar a decepção imensa que sentiu com o abandono. Como era mais tímido, canalizou a raiva para o instrumento, ao contrário do Lennon, que era menos músico. Mas somente a música, não foi suficiente, ele ainda precisou das drogas. Mas envelheceu muito bem, apesar de tudo. Troféu Clint Eastwood para o Clapton. Acho que ele passou a vida lutando contra a depressão através da música. Só um palpite bem informado...

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+