Política de preços baixos, é assim que se vende jogos

terça-feira, 26 de outubro de 2010

precos No último ano minha biblioteca de games cresceu muito. Foram vários títulos novos entre lançamentos e outros mais antigos. Antigamente era comum comprar 3, no máximo 4 jogos novos por ano, mas o serviço de games online Steam, criado pela Valve, mudou isso com sua agressiva política de preços.

 

Se você gosta de jogar no computador e não conhece a Steam, é hora de mudar isso. Toda semana (geralmente nas quartas e sextas) eles lançam promoções inacreditáveis . Só para citar alguns exemplos comprei Bioshock e Left 4 Dead por 10 Dólares cada. Batman: Arkham Asylum por 20 Dólares e muitos outros jogos.

steam

Da mesma forma que fico de olho em cada nova promoção feita pelo portal, existem muitos outros gamers que se comportam da mesma maneira. Estes jogadores replicam estes preços pelo Twitter fazendo com que as vendas sejam ainda mais expressivas.

 

O resultado não podia ser outro: um grande sucesso. O número de usuários do serviço cresceu 178% nos últimos 12 meses e as vendas de seus 1.200 jogos cresceram 200%.

 

novo games for windows A Microsoft já percebeu o enorme potencial deste modelo de negócios e pretende entrar pelo mesmo caminho da Steam. O primeiro passo foi criar promoções para versões digitais de seus games a venda no serviço Games for Windows. Lá você encontra agora o “Jogo da Semana”, que por enquanto é GTA San Adreas. Ele está com 75% de desconto e pode ser comprado por 3,75 Dólares. Em algumas lojas do Brasil ele é vendido por 100 Reais.

 

No dia 15 de novembro este serviço será expandido com o lançamento de um novo site e  a adição de novos games, elevando o número de títulos para mais de 100. O novo design dará aos desenvolvedores de jogos páginas exclusivas dentro do portal e aos gamers a possibilidade de baixar novamente um título comprado (coisa que já acontece na Steam).

 

Estes casos mostram que um grande diferencial para o jogador é o preço. Os dois serviços são estrangeiros e a pessoa precisa de um cartão de crédito internacional para fazer a compra. Aos brasileiros sem este recurso resta torcer por uma promoção ou outra de lojas online.

 

jogo justo O movimento Jogo Justo, criado pelo administrador Moacyr Alves Jr, começou como um movimento para diminuir a carga tributária que aumenta o preço de jogos e consoles aqui no Brasil. Para você ter uma idéia, um game que vem de fora recebe uma taxa de 80%. A intenção do movimento é fazer com que este número caia para 15%, levando um game que é vendido por 200 Reais na loja passar a custar 90 Reais.

 

O Jogo Justo já tem o apoio de várias empresas e políticos. O próprio Moacyr pretende revelar em dezembro um plano de ação que promete mudar a cara do mercado de games por aqui, incentivando inclusive a criação de uma indústria nacional, que possa criar novos títulos nacionais.

 

O blog Pipoca de Bits apóia a iniciativa Jogo Justo, inclusive colocando um banner deles na barra lateral. Os preços que praticados nacionalmente, principalmente para games de consoles, são absurdos e nem sempre a culpa é do vendedor. Vamos acompanhar de perto o desenvolvimento do movimento sempre informando aqui quais as novidades.

 

starcraft2 Outra prova de que os preços podem influenciar muito nas vendas veio da Blizzard. A empresa lançou recentemente um dos games mais esperados do ano: Starcraft 2. Para espanto de diversas pessoas a versão totalmente em português do jogo era vendida por 49 Reais. O resultado não podia ser outro, um recorde de vendas. Foram 1,5 milhões de cópias em todo o mundo nas primeiras 48 horas. No Brasil foram vendidas mais de 4,5 mil unidades apenas no primeiro dia.

 

Não acredito que uma diminuição grande nos preços dos games vá acabar com o problema da pirataria, mas com certeza vai ser um grande passo. O brasileiro (infelizmente) gosta muito de se sentir “esperto” e já vi gente se sentir bem por recorrer à pirataria, mas ao mesmo tempo vejo um grande número de gamers brazucas darem o exemplo através da Steam.

3 comentários:

Roberto Camara Jr. 26 de outubro de 2010 01:16  

Convidar seu vizinho para jogar umas partidas que é bom, nhecas, não é?

Tá certo... tá certo...

(Sim! Este foi um comentariozinho miguxo-style. Não reclame. Considere isso uma doce vingança
:P )

Últimas dos Blogs 29 de outubro de 2010 05:40  

Boa!

Anônimo 29 de outubro de 2010 16:05  

Cara uso a steam a muito tempo concordo com você em muita coisa, mas eu sou um pouco a favor da pirataria sim foi ela que fez com que os CDS de musicas e DVDS de filmes baixase o preço e agora faz o mesmo com os jogos. Mas jogo pirata só serva pra simgle player então os produtores de jogos tem que melhorar o multplayer pra que todos queiram comprar jogos originais. Tormando os jogos multplayer muito melhores.

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+