Origem do dia dos namorados

quinta-feira, 10 de junho de 2010

gerbera e coracao No próximo sábado (12 de junho) comemoramos no Brasil o dia dos namorados. Nesta data casais (namorados, casados e enrolados) trocam presentes, cartões e carinhos em comemoração ao amor romântico, mas você sabe o que motivou a escolha desta data? Em primeiro lugar precisamos dividir o dia dos namorados lá fora e aqui no Brasil.

 

A tradição desta comemoração começou no século III, através de um sacerdote católico chamado Valentim. Naquele tempo o imperador Cláudio II baixou uma lei proibindo o casamento. Para ele os melhores soldados eram aqueles sem esposa e filhos, pois estes teriam menos a perder. Desafiando as leis Valentim continuou realizando secretamente  casamentos destes jovens casais até ser descoberto e condenado a morte. Acredita-se que ele foi executado no dia 14 de fevereiro.

 

sao valentim Outra lenda indica que Valentim mandou o primeiro cartão de dia dos namorados (“valentine greeting card” em inglês) de dentro da prisão para a filha do carcereiro, por quem havia se apaixonado durante visitas que ela fazia a ele. Antes de morrer ele deixou uma carta para ela assinada “From your Valentine” (que pode ser traduzido como “do seu namorado”).

 

A história virou lenda e por volta da Idade Média São Valentim era o santo mais popular da França e Inglaterra.

 

Outro motivo apontado para a escolha da data em comemoração a São Valentim foi uma possível tentativa por parte de Igreja Católica em incorporar as comemorações pagãs do festival das Lupercais. No dia 15 de fevereiro havia a celebração da fertilidade em homenagem a Pã (também conhecido como  Fauno), deus dos bosques, dos campos, dos rebanhos e dos pastores na mitologia grega.

 

santo antonio O dia dos namorados no Brasil (12 de junho) é véspera do dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro, que ganhou esta fama pois pregava sobre a importância do amor e do casamento quando ainda era o frei português Fernando de Bulhões.

 

A escolha da data divide opiniões, mas ambas remetem à publicidade. A primeira teoria é a de que o publicitário Antonio José Braz quis reproduzir a data já famosa nos países do hemisfério norte aqui no Brasil em um período onde as vendas geralmente estavam baixas. A segunda é a de que o publicitário João Dória criou uma campanha para a extinta loja Clipper instituindo a data como dia dos namorados sob o slogan: "Não é só de beijos que se prova o amor".

 

Mesmo não sendo um motivo dos mais românticos é importante comemorar o romance, a paixão e os namorados. O presente é o mínimo, o que seu companheira(o) quer mesmo é seu amor. Sua declaração pode vir na forma de um cartão, um presente, uma música, um beijo, uma folha de papel. O importante é amar.

dia dos namorados

Fontes: History, Wikipédia, Portal da Família

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+