10 curiosidades sobre as aranhas

sábado, 26 de junho de 2010

Qual sua reação ao ver uma aranha? Você fica paralisado de medo, corre para o outro lado, pega um sapato e dá na cabeça dela, admira ou a deixa viver sua própria vida? Definitivamente é um tipo de animal que causa os mais variados sentimentos nas pessoas. Para aplacar seu terror ou para aumentá-lo apresento abaixo algumas curiosidades sobre estes seres que podem ser de 40 mil espécies diferentes.

 

1 – A origem do nome aracnídeo está na mitologia grega

Arachne

 

Atena é a deusa grega da sabedoria, do ofício, da inteligência e da guerra justa. Mas em uma passagem de sua vida ela foi qualquer coisa menos justa. Segundo a mitologia, na Grécia Antiga viveu Arachne, uma mulher que era tão hábil na arte de tecer que as pessoas diziam que ela havia sido ensinada pela própria deusa Atena. Orgulhosa, a moça ficava irritada com isso e chegou a desafiá-la: “Que venha competir comigo, disse, a tudo me submeterei se for vencida!”.

 

A deusa se disfarçou de velha e foi ao encontro da mulher para aconselhá-la a não desafiar uma divindade. Isso só deixou Arachne mais furiosa, que decidiu manter o desafio.

 

As duas teciam de maneira fantástica, mostrando grande habilidade. A peça feita por Atena mostravam os deuses, imponentes, mas desgostosos com a presunção dos mortais. A que foi feita por Arachne mostrava de forma debochada os erros e defeitos dos deuses.

 

Furiosa Atena destruiu a tapeçaria feita por Arachne e bateu-lhe no rosto com com a lançadeira que tinha nas mãos. Decidida a não se curvar perante a deusa a mortal tentou se enforcar, mas antes que conseguisse Atena a transformou em uma aranha, pendurada pelo fio.

 

2 – Teias podem parar um avião

teia de aranha

 

As teias de aranha são cinco vezes mais fortes que o aço do mesmo diâmetro, podendo esticar-se 4 vezes mais que seu comprimento inicial. Recentemente foi descoberto que o fio da teia de algumas espécies chega a ser mais forte que o kevlar, uma fibra sintética usada na fabricação de coletes à prova de balas. A partir destes dados é possível imaginar que uma teia de aranha compostas por fios mais grossos poderia parar um avião em pleno vôo.

 

3 – Aranhar podem se transportar por “balonismo”

aranha voando

 

Isso não significa que a aranha vai fazer uma casa de balões como Carl Fredricksen em Up. Para se transportar desta maneira elas sobem a pontos elevados e liberam um fio de teia grande o suficiente para que sejam levadas pelo vento. Desta forma as aranhas chegam a ilhas e locais isolados.

 

4 – Bebês de aranhas são invisíveis

aranha transparente

 

Assim como vários seres em outro post do blog sobre a invisibilidade no mundo animal (clique aqui para ler), os filhotes de aranhas são indefesos, tornando-se presas fáceis para predadores. Como mecanismo de defesa eles nascem quase sem cores, tornando-se praticamente invisíveis no ar.

 

5 – Teias de aranha já foram matéria prima para meias

meia de aranha

 

Em 1709 François Xavier Bon de Saint Hilaire provou que poderia fazer meias e luvas com teias de aranha. Para fazer a seda ele cozia, lavava e secava os casulos depois fazia os fios utilizando um pente fino. O método apesar de bem sucedido era financeiramente inviável. Eram necessários 1,3 milhões de casulos de aranha para fazer 907 gramas de seda. Se bem que daqui a pouco um estilista surge com meias de aranha que custam milhões de Dólares para que ricos e famosos tenham onde gastar mais dinheiro com produtos excêntricos.

 

6 – Geralmente picadas de aranhas não são uma ameaça

aranha na mao

 

Apesar de existirem espécies altamente venenosas é raro que você encontre uma delas. As aranhas também não costumam picar humanos sem motivo, geralmente elas precisam estar se sentindo ameaçadas para chegar a tanto. Portanto aquela picada escrota vista no filme Homem-Aranha não aconteceria.

 

7 – As maiores teias são duas vezes maiores que um jogador de basquete

maior teia de aranha

 

A maior teia encontrada está no Texas, foi o trabalho conjunto de diversas pequenas aranhas. O tamanho desta teia é praticamente a de um campo de futebol (180 metros), mas uma espécie nativa dos trópicos consegue fazer sozinha teias de até 5 metros.

 

8 – Aranhas não precisam da teia para pegar sua presa

aranha que pula

 

Todos conhecemos o hábito das aranhas em pegar insetos com suas teias, mas nem todas as espécies utilizam apenas isso para caçar. Novamente vou citar o filme Homem-Aranha, que na cena da visita ao laboratório foi mostrada uma espécie de aranha que pulava, pois este tipo de aranha comporta mais de 5 mil espécies diferentes.  Elas têm uma boa visão de suas presas graças aos dois olhos posicionados especialmente para pular sobre suas presas.

 

9 – É possível produzir cola a partir de teias e já está em desenvolvimento

aranha dourada teia

 

As aranhas douradas (Nephila maculata) fazem as teias mais fortes e grudentas. Suas teias podem durar até por anos antes de serem derrubadas. A cola de seda de aranha é uma solução feita de glicoproteínas secretada por glândulas agregadas, e recobre as teias para que fiquem pegajosas o suficiente para capturar as presas. Pesquisadores descobriram recentemente que a cola da aranha pode ser utilizada comercialmente, preparando uma cola forte não derivada de petróleo. O plano é clonar e manipular os genes, provocando superexpressão.

 

10 – Aranhas adoram reciclar

aranha na teia

 

Já imaginou o tempo e a quantidade de energia que uma aranha gasta para fazer uma teia? Pois ela não quer saber de ter que procurar apenas na alimentação os recursos para criar uma nova teia. Assim a aranha come os fios de sua antiga criação, que são ricos em proteínas, podendo assim iniciar um novo trabalho. Elas só deixam a parte estrutural para não terem este trabalho de novo.

 

 

Fonte: BeemBee, Fashion Bubbles, BBC

3 comentários:

Anônimo 24 de agosto de 2011 12:18  

Bichinho mais engenhoso!!

taynara 5 de setembro de 2011 18:27  

e imaginar o que uma aranha pode fazer eim? eu nem imaginava que uma aranha podia fazer o que ela fez !!!!!!!!!! pra mim era impossivel!!
mas eu gosti da teia de aranha encontrada no texas, muiiiiito loco da ora

Josival Alvino 16 de dezembro de 2014 17:36  

Que projeto lindo, é muita matemática. A Biomimédica estuda essas e outras estruturas biológicas com o objetivo de imitar os seres vivos, fazendo aplicações práticas nas áreas de engenharia, medicina e etc...
Aí alguns ateus dizem assim: que tudo isso surgiu sem planejamento, através de erro genético. Que Deus tenha misericórdia.

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+