Ubisoft vai forçar você a estar conectado na net

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

ubisoft logo A pirataria é o maior inimigo das empresas que desenvolvem games. Por mais que se tente sempre vai existir um crack, patch ou modificação que permita o uso do produto sem que se tenha pago por ele. Para combater isso as empresas já tentaram praticamente de tudo, desde programas que se instalam sem sua permissão até um número limitado de instalações para cada jogo.

 

A Ubisoft, que tem em seu catálogo games como Assassin’s Creed, Splinter Cell e Prince of Persia, resolveu inovar e radicalizar. Inspirado no sucesso do serviço de venda de games online Steam, ela pretende fazer algo semelhante. Ao comprar seu jogo você será obrigado a registrá-lo no site da empresa e toda vez que você for jogar ele irá autenticar seu game no servidor da Ubisoft.

game drm A vantagem que eles apresentam para o jogador é a possibilidade de jogar sem o disco de DVD no drive e de instalar o jogo em qualquer computador guardando até mesmo seus saves. O problema é que se sua conexão cair ou se você estiver viajando, sem a possibilidade de acessar a Internet, o jogo sequer poderá ser iniciado.

 

Recentemente a EA tentou um modo radical para evitar a pirataria. Quando lançou Spore, a empresa só permitia que o jogo fosse instalado 3 vezes. Se uma quarta instalação fosse necessária a pessoa precisaria ligar para a central de atendimento da EA pedindo uma nova instalação. Isso causou uma revolta na comunidade gamer fazendo com que Spore fosse um dos jogos mais pirateados da história e com que a avaliação dele na Amazon ficasse em uma estrela como forma de protesto.

 

steam logo No caso da Steam, de onde a Ubisoft claramente tirou sua idéia, a pessoa pode jogar estando conectada ou não. O sucesso deste sistema de venda de games online está na política de preços e na facilidade que a Steam oferece. Nela você pode ter seu game instalado em qualquer máquina. Só precisando ser autenticado uma vez.

 

Resta saber se esta novidade da Ubisoft vai ser um sucesso, se vai causar revolta ou se simplesmente irá derrubar a venda dos títulos da empresa. Só o tempo dirá.

 

Fonte: Kotaku

3 comentários:

RAMON(ES) 27 de janeiro de 2010 00:27  

Isso aí a galera arruma um jeito de burlar tranquilamente.
ehehehehe

IntelWin 30 de janeiro de 2010 10:04  

Não entendo uma coisa, se está dando certo, porque mexer na farofa? Bom, eu acho que arriscar é um direito deles, e arriscar é bom para uma empresa, mas duvido muito que vai dar certo.

O Steam é um exemplo de como pensar um pouco faz bem. Algumas coisas que não me faziam comprar:
- Tinha que sair de casa para comprar;
- Se comprar através de uma loja online, demora para chegar a caixa;
- Os preços + impostos = coisa para burguês.

O Steam combina todos as "vantagens" de um jogo sem as suas desvantagens como:
- Não poder jogar online;
- Não precisar se preocupar se ao aplicar um patch o jogo parará de funcionar.

E ainda por cima tem umas coisas legais como:
- Você terá uma comunidade inteira de gamers como você para participar, com chats, forúns, comunidades, etc;
- Possibilidade de navegar na internet sem precisar sair da tela do jogo;
- Não precisar se preocupar em guardar a caixa do jogo com o serial para instalar em um eventual outro computador que você posteriormente comprar;
- Aplicação de patchs e updates automaticamente.

Nunca tinha comprado jogos antes, a partir do Steam tenho uma lista recheada deles. Tenho acesso a eles de qualquer computador e isso eu acho muito legal. Se a industria musical e de filmes pensasse um pouco, também poderia ganhar bastante dinheiro. O consumidor médio não importa em pagar um pouco, e sim das vantagens que ele vai ter ao pagar. Sem vantagens em relação a um "parelelo", sem grana para eles. Dito e comentado. :-)

TiagoFrossard 10 de fevereiro de 2010 21:22  

Não sei se é cópia da Steam, até pela idade do jogo (de 2002), mas a Bioware já faz isso há anos com os Premmiun Modules do Neverwinter Nights: você carrega um desses updates mas ele tem que ser verificado na internet para rodar. VocÊ pode baixar o módulo qnts vezes quiser, não gasta com caixa, transporte, atravessador, vendedor....

Se eu tivesse que apostar, apostaria que a EA está se baseando nessa fórmula de sucesso e não na Steam.

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+