Até onde a paranóia da pedofilia deve ir?

domingo, 17 de janeiro de 2010

Um dos maiores males que a Internet ajudou a espalhar é a pedofilia. É doentio e totalmente errado, exatamente por isso é preciso lutar contra a disseminação deste tipo de material pela net. O problema é saber quando se deixa de ser uma luta contra algo específico e passamos a paranóia.

 

O mundo está cheio de casos onde pessoas foram apontadas como pedófilas e por causa disso perderam tudo, de bens materiais à própria dignidade e segurança, sem sequer terem tido direito a defesa somente para depois serem inocentadas. É preciso levar acusações a sério, mas também abrir espaço para a investigação dos fatos.

 

Um grande exemplo está acontecendo com um soldado americano no Afeganistão. Ele foi preso pelo exército sob a acusação de pornografia infantil por causa de fotos que ele tinha em seu poder. Nas fotografias estava uma criança de biquíni brincando em uma piscina e outra com ela em uma caminhonete.

 

A criança nas fotos é da família do soldado e ele cuidou dela quando a garota foi diagnosticada com um câncer. Fez isso pois o pai dela estava em treinamento no exército.

 

As fotos que levaram o soldado Billy Miller para a cadeia foram enviadas por sua mãe, que fez isso para que ele não sentisse tanta saudade de casa. Ela agora se culpa pelo filho não estar em casa, pois a unidade onde ele estava alocado voltou para os EUA em agosto e Billy ficará preso até enfrentar a corte marcial.

 

As mesmas imagens que causaram um problema tão grande para Billy podem ser vistas no computador da família e no Facebook. Confira no vídeo abaixo se elas têm alguma coisa fora do que se vê no Orkut todos os dias.

 

Vendo este caso devemos nos perguntar se a paranóia com a pedofilia não está indo longe demais, afinal numa realidade destas você poderia ir em cana por ter fotos de sobrinhos no computador. Pense nisso.

11 comentários:

Rebecca Leão 17 de janeiro de 2010 09:50  

Oi, Dmitry, outro dia, ouvindo uma notícia no rádio, soube que um senhor havia sido preso na porta de uma escola no Rio de Janeiro, sob a acusação de pais de 8 crianças diferentes de tê-las molestado sexualmente. O que me impressionou foi o comentário do radialista (um famoso radialista de uma rádio popular do Rio, a qual o taxista ouvia com bastante interesse). Ele disse que um cara desses tinha que ser linchado: "Vamos linchar ele, gente!". Confesso que fiquei chocada, pois significa perdermos o direito a defesa. Ou seja, mesmo que o cara seja culpado pelo que fêz, ele merece um julgamento digno. Sei lá... acho que o mundo está perdido. Todo mundo incitando a violência.
Aproveito para agradecer a sua visita ao meu blog. Ele já existe desde 2005, e agora anda bastante frequentado. Gostaria de receber suas visitas também e seus comentários, viu?
Abraço, Rebecca

Linkadão 17 de janeiro de 2010 18:35  

É verdade!

Lucas 17 de janeiro de 2010 22:06  

é lamentavel ne, quem em um paise de "primeiro mundo" eles nao saibam diferenciar essas coisas. ridiculo

juliana 18 de janeiro de 2010 15:33  

quem tem filho sabe o medo que sentimos deles serem molestado!é certo que isso é um exagero mas todo cuidado é pouco nao devemos confiar em tios ou primos pois ja vi caso de sobrinho sendo melestado pelo tio!pessoas que molestam crianças merecem o mesmo, hoje o mundo esta assim todo mundo pensa nos direitos do bandido e poucos se lembram das vitimas sei que no caso do soldado foi tudo um mal entendido mas acho que tudo, por menor que seja, deve ser verificado se tratando de crianças.

Locke Cole 19 de janeiro de 2010 02:51  

Teve também o caso do Italiano que chegou a ser preso aqui no Brasil por ter dado um beijo na boca da filha. Primeiro, isso não caracteriza pedofilia por não ser libidinoso, segundo, houveram centenas de dedos para apontar pro cara até que ele fosse preso, e nenhuma orelha pra ouvir que isso era a cultura do seu país, assim como na Rússia.
Em alguns países da África tem-se como costume homem andar de mãos dadas com seus amigos homens, em um gesto de amizade. Aqui já diriam que é viadice. Ainda bem que pederastia não é mais crime, senão um africano poderia ser preso aqui...
Realmente, devemos sim tratar com seriedade casos REAIS e ÓBVIOS de pedofilia e similares, mas acontece que brasileiro adora ficar bonito na fita. Adoram apontar pra quem faz algo errado pra poder se sentir o paladino da justiça. "Ó peguei um pedófilo abraçando a filha por trás! Sou bom?"

Bruno 19 de janeiro de 2010 07:29  

@juliana
Ninguém está dizendo que os casos de pedofilia não devam ser levados a sério. Pedófilos são bandidos e, em minha opinião, bandido bom é bandido morto.
O problema é que isto está começando a se tornar uma caça às bruxas. Se duvidar, daqui algum tempo, até pais responsáveis (principalmente pais de primeira viagem que praticamente afogam a criança em baba e registram cada segundo da vida da criança) vão ser acusados de pedofilia por fotos e vídeos no celular, redes sociais, computador e etc.
Acusações não bastam, tem de haver uma investigação séria. No caso do soldado, não foi mal entendido algum. Mal entendido seria se, depois das acusações, uma investigação mostrasse que as acusações não tinham fundamento. O que seria bem fácil de fazer, como mostra o vídeo no post. O que aconteceu foi pura histeria, talvez até causada por algum desafeto do soldado.
Lembrando que a caça às bruxas começou assim e terminou em pessoas sendo sentenciadas à morte na fogueira no exato momento em que eram acusadas.

Alexandre 19 de janeiro de 2010 09:28  

@Bruno
voce está 120% certo... a propria humanidade já provou o que é capaz de fazer quando a situação foge do controle e gera um histeria dessas. pelo jeito colocado pela @Juliana quer dizer que voce não pode mais ir a praia e tirar fotos em familia... com primas e primos, irmãs e irmãos menores pois vc será investigado por pedofilia... perderemos a razão quando mudar de inocente até que se prove culpado para culpado até que se prove inocente. e Só pra constar tenho uma prima de 10 anos que eu ajudo a cuidar, ela me tem como um pai... e agora??

poison 19 de janeiro de 2010 10:52  

Daqui a pouco irei preso pk carrego um monte de fotos de minha filha de 2 anos e meio, na piscina, na praia, etc...

Yuri 19 de janeiro de 2010 10:57  

É realmente muito complicado falarmos deste assunto, uma vez que as extensões que ele pode tomar são infinitas. Existem diferentes maneiras de se interpretar determinadas situações e infelizmente com o excesso de notícias e acontecimentos ruins, somos obrigados a desconfiar de tudo o que olhamos. É claro que tudo isso que esta acontecendo com este soldado é de uma ignorância terrivel. Mas não podemos ser hipócritas ao ponto de não admitirmos o fato de que coisas simples nos dias de hoje, nos assustam sim.
O Bruno foi mais do que feliz em seu comentário. Não podemos deixar que as ações e acontecimentos tomem conta do nosso senso, da nossa capacidade de perceber o que é certo e o que é errado, sem nos deixarmos influenciar por atos infames e de pura repressão.

Teu 19 de janeiro de 2010 11:15  

Entao porque a familia nao esta sendo investigada pela Sociedade de Proteção a Criança? (Child protection service)
Eles nao possuem a foto da mesma maneira?
Eles nao estao deixando o cara voltar porque sabem que em casa, o soldado teria no minimo uma duzia de advogados que fariam sua defesa de graça pra mostrar o quao idiotas estao sendo em relação a tudo isso.
Hoje em dia praticamente qualquer gadjet que exista tem uma camera acoplada e as pessoas se tornaram fãs de fotos de uma maneira surpreendente.Mas nao podemos tirar mais fotos...é errado.
Minha irma beija o meu sobrinho na boca e ai...é pedofilia? O menino "cagou" ela registra.Isso é amor de mae de primeira viagem ou é o que?
Eu estou com o @bruno...estuprador e pedofilo pra mim nao teriam outra saida...morte certa...nao existe cura pra isso.
Voce os solta na sociedade com aquele papo de Direitos Humanos (o que é um atraso em se tratando de segurança publica) e eles vao e destroem familias novamente.
Vamos ver ate onde vai a palhaçada do soldado.

Anônimo 31 de janeiro de 2011 01:25  

Locke Cole

acho q quem tá tentando paga de paladino da justiça e vc brasileiro
adora ficar bem - na fita e os gringos q tem preconceito até com o
nosso bio tipo respeite para ser respeitado vc fala como se a falta de respeito a cultura alheia fosse exclusividade do Brasil gente com sindrome de vira-latas e irritante

é aquilo tudo da Europa é melhor sei ........hmmmn acho que até os pedófilos de lá devem ser né

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+