Olho biônico devolve visão a um britânico

domingo, 29 de novembro de 2009

GeordiLaForge Parece que as histórias de ficção são feitas por pessoas que realmente conseguiam viajar no tempo. Ao ler a história de Peter Lane eu só lembrava de Geordi La Forge (foto), personagem da série Jornada nas Estrelas – A Nova Geração, que enxergava através de um visor.

 

Aos 51 anos, Peter é uma das 32 pessoas que estão participando de uma experiência que consiste em utilizar um implante de um receptor eletrônico, instalado dentro do globo ocular, ligado ao nervo óptico e a óculos especiais, onde uma câmera capta imagens e as envia para um processador, que tem a função de transformar o que é recebido em sinais eletrônicos ao receptor, que envia impulsos até a retina e o nervo óptico, devolvendo a visão à pessoa.

 

A experiência ainda está em fase inicial e Peter consegue ler pequenas palavras em uma tela especial. Os médicos vão fornecer uma destas telas para que ele possa treinar em casa. Veja abaixo um esquema (em inglês) de como todo o processo funciona.

olho bionico

Peter Lane começou a perder a visão aos 20 anos por causa de uma renite pigmentosa, uma doença genética que ataca a retina causando a destruição das suas células. Para ele os óculos proporcionam mais segurança e independência na hora de sair na rua.

 

Acredita-se que infelizmente esta pesquisa, que está sendo desenvolvida pela empresa americana Second Sight, funcione apenas casos de cegueira causada pela renite pigmentosa. Onze médicos de todo o mundo estão participando do projeto.

 

Este é o primeiro passo para uma realidade onde as pessoas que perderam a visão, ou as que nunca a tiveram, voltem a enxergar. O futuro se parece cada vez mais com os filmes de ficção científica que assisti quando criança.

 

Fonte: MSN Notícias

5 comentários:

Márlio Esmeraldo 1 de dezembro de 2009 14:48  

Que louco!
Que bom que a medicina está evoluindo.
Muito lenta para o meu gosto, mas está.

Anônimo 14 de dezembro de 2009 10:49  

Quanta ignorância!!
Deus do céu, será que nicgém percebe que com avanços assim a única coisa que realmente está evoluindo é a eletrônica, engenharia de software e automação??
A medicina não evoluiu um milímetro. Nenhum médico faria porra nenhuma se não tivesse um engenheiro projetando e construindo tais recursos.
Medicina o caralho, a automação vai acabar levando o mundo nas costas mas sempre vai ter gente ignorante puxando a sardinah pra outro lado.
Medicina.... hahahaha

Dmitry 15 de dezembro de 2009 08:48  

É complicado dizer que não existe auxílio da medicina em um projeto como este. Lógico que engenheiros e profissionais de eletrônica e computação tiveram grande participação, mas os profissionais destas área geralmente não entendem muito de anatomia, bioquímica e outras especialidades da saúde.

daniel.mota08 24 de dezembro de 2009 01:28  

Claro q a medicina tem haver, se não tivesse, nem tentariam criar algo assim.E de um jeito 0ou de outro, isso está evoluindo a medicina por ser uma nova forma de tratamento.

E vc por acaso acha q uma empresa de carro iria projetar um olho biônico para recuperar a visão? Claro q não, isso mostra q não é só pq tem eletrônica q não tem nada a ver com medicina, ou vc acha q evolução na medicina é aprender a usar uma nova planta medicinal?

JB 1 de fevereiro de 2012 22:03  

Seria uma injustiça julgar que área de fato é responsável por tanta evolução. Todos trabalham em equipe. Os estudos são divididos e buscam um resultado comum. Claro que no final, uma área será mais beneficiada. Mas o que importa é que, no final, a humanidade é quem ganha com isso.
www.tecnomaneiro.blogspot.com

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+