“Travestis” lutadores de vale-tudo dão surra em valentões otários

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

lutadores travestis Em uma noite na cidade de Swansea, País de Gales, três homens haviam bebido demais e começaram a puxar briga com todo mundo. Depois eles saem aparentemente comentando como cada um havia se saído, quando um grupo de homens vestidos de mulher passa por eles.

 

Um dos vândalos volta para puxar briga com os travestis e tenta dar um soco em um deles. Quando a vítima vai revidar um amigo do agressor entra no meio e impede o golpe, mas outro dos homens vestidos de mulher dá um soco certeiro em cada um nocauteando os vândalos. Ambos saíram cambaleando depois do enfrentamento.

 

Todo o acontecimento foi flagrado por câmeras de vigilância da polícia, que prendeu os dois dos arruaceiros, Dean Jonathan Gardener, 19, e Jason Andrew Fender, 22. Eles não sabiam que os travestis eram na verdade Daniel Lerwell e James Lilley (foto), lutadores de vale-tudo que estavam comemorando uma despedida de solteiro. Confira abaixo o vídeo da polícia, onde o ocorrido pode ser visto a partir de 1 minuto.

 

 

No julgamento a defesa alegou que eles haviam bebido demais e não sabiam o que estavam fazendo. Eles foram condenados a 4 meses de trabalho comunitário e ao uso de uma tarja eletrônica para garantir que ambos ficarão em casa das 19 às 07 horas.

 

Gente deste tipo vai para a balada procurar briga não só com travestis, mas com pessoas mais fracas ou que não estejam em grupo. Atitudes covardes como a que Gardener e Fender tentaram realizar são cada vez mais comuns e por isso fico feliz ao ver que alguma vez os valentões dançaram.

 

Uma pesquisa realizada pela Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo publicada pela Agência Brasil mostra que cerca de 70% dos homossexuais, bissexuais e pessoas trans já sofreram algum tipo de discriminação, 55% já sofreram agressões verbais e ameaças, 15% sofreram violência física, 11% foram extorquidos ou chantageados e 6% foram abusados sexualmente.

 

No caso do País de Gales os agressores se deram mal por terem escolhido as vítimas erradas, mas o episódio serve para lembrar que os números acima não são aceitáveis por uma sociedade que se diz civilizada.

 

Fonte: BBC

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+