Malwares, vírus e riscos na net

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

virus de computador O vírus de computador é um dos mais antigos problemas de quem usa estas máquinas. Quando usei meu primeiro PC, no fim dos anos 90, eles já existiam e se espalhavam através de disquetes contaminados. O nome foi aplicado pela primeira vez em 1984, durante um seminário sobre segurança. Programas que infectam outros programas têm sido o calcanhar de Aquiles para usuários de PCs, mas naquela época também existiam os “Apple Viruses”, que afetavam os modelos Apple II.

 

O primeiro vírus conhecido se chamava Brain e ele danificava o setor de inicialização do disco rígido. Atualmente estima-se que existam mais de 630 mil vírus diferentes, sendo que a maior parte deles afetam o sistema operacional Windows. Neste meio tempo existiram alguns muito famosos como o Melissa, o ILOVEYOU e o Conficker (para saber mais sobre estes vírus clique nos links).

 

trojan O tempo foi passando e surgiram variantes como worms, trojan (cavalos de tróia), rootkits e spywares. Todos eles passaram a ser denominados malwares (malicious software, que em português significa programa malicioso), ou seja, um software destinado a se infiltrar em um computador alheio de forma ilícita para causar algum dano. Durante o movimento Blog Voluntário de 2008 fiz um post sobre as diferenças entre os malwares e o que fazer para se proteger (clique aqui para ler).

 

Uma forma de infecção que está sendo muito utilizada atualmente é colocar o malware em sites legítimos através de scripts automatizados e anúncios maliciosos. Com isso um site normal passa a contaminar o computador das pessoas que o visitam. A empresa de segurança Dasient revelou que entre julho e setembro de 2009 já foram identificados mais de 640 mil sites infectados.

 

Neil Daswani, co-fundador da empresa, afirma que cerca de 7 mil sites são infectados por dia e que, mesmo limpado o malware, a taxa de reinfecção é de 39,6%. A Dasient identificou um total de 72 mil infecções únicas desde o início do ano.

 

protegendo seu computador Você que navega pela net todo dia precisa tomar algumas precauções. A principal delas é manter seu sistema operacional atualizado, mas não é só ele; programas como o navegador (Internet Explorer, Firefox, etc.), Flash, Media Player entre outros também precisam estar atualizados, pois grande parte dos malwares se aproveitam de brechas antigas para infectar seu computador. Por mais chato que o Windows Update seja, utilize sempre ele.

 

Outra atitude sensata é o uso de programas como antivírus, firewall e anti-spyware (mantendo estes também atualizados).

 

Muitas do que foi dito acima parece necessitar de algum conhecimento mais específico em informática por parte do usuário, mas da maneira que as coisas estão é muito importante manter sua identidade digital bem protegida. Procure tutoriais na net, se informe e tenha uma navegação mais tranquila.

 

Fontes: MSN Tecnologia, HowStuffWorks, Wikipédia

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+