Uma esperança para a cura da esclerose múltipla

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

A esclerose múltipla é uma doença auto-imune que faz o sistema imunológico do paciente se voltar contra seu sistema nervoso central, causando danos físicos e cognitivos. Esta semana os resultados de um estudo foram publicados na revista Nature Medicine mostrando que a doença foi completamente revertida em camundongos e o mesmo tratamento pode ser usado em humanos.

Pesquisadores da Jewish General Hospital Lady Davis Institute for Medical Research e da McGill University conduziram um novo tratamento chamado de GIFT 15 (em português significa PRESENTE 15), que usa uma forma personalizada de terapia celular utilizando as próprias células do corpo para suprimir a resposta imunológica.

Este resultado é obtido fundindo duas proteínas, que sozinhas estimulam o sistema imune, em laboratório para obter um resultado contrário. Isso significa que o mesmo tratamento pode ser usado para combater outras doenças auto-imunes como Lúpus, doença de Crohn, artrite e até mesmo ser usada em transplantes de órgãos, diminuindo o índice de rejeição neste tipo de procedimento.

A pesquisa é liderada pelo Dr. Jacques Galipeau, que compara o GIFT 15 a uma quimera em um sentido lírico. Ele explica que o procedimento transforma uma célula B (forma comum de célula branca envolvida na resposta imune) em poderosas células imunossupressoras.

O tratamento tem que ser feito nos estágios iniciais da doença e apresentou resultado eficaz com apenas uma dose. Pesquisas ainda precisam ser feitas para comprovar a eficácia e a segurança do medicamento em humanos.

A esclerose múltipla apresenta seus primeiros sintomas quando a pessoa está entre seus 20 e 40 anos de idade. Eles são dificilmente identificados pois podem parecer com os mesmos de outras doenças do sistema nervoso. Estes sinais podem levar horas ou dias, iniciando com um surto por ano ou um a cada dez meses.

Uma pesquisa realizada em 2007 pela Federação Internacional de Esclerose Múltipla indica que existem cerca de 2,5 milhões de pacientes com esta doença no mundo e que mais de 30 mil deles estão no Brasil. Infelizmente apenas 5 mil receberam o tratamento adequado devido a demora no diagnóstico.

Fontes: Physorg.com, Esclerose Múltipla, Bengala Legal Via Cardoso no Twitter

5 comentários:

Arthurius Maximus 14 de agosto de 2009 00:16  

Sensacional e uma luz na enorme escuridão que é essa doença. Mais uma mostra de como a medicina avançará cada vez mais rápido rumo a um futuro não muito distante em quemales terríveis serão dominados ou controlados.

Dmitry 14 de agosto de 2009 19:36  

Quando chegarmos neste ponto precisaremos controlar a quantidade de humanos nascendo, porque grande parte das doenças não serão mais mortais.

ejuli 14 de setembro de 2009 18:01  

Olá, tenho uma amiga que batalha contra essa doença e já não consegue mais se locomover sozinha, será que neste estágio existe algo que pode ser feito para reverter esse quadro? Ela também não pode se expor ao sol e disse que seu maior sonho é voltar a poder andar sem ter que incomodar outras pessoas.

Jerry 19 de outubro de 2009 19:23  

OLÁ.TENHO ESSA PATOLOGIA A MAIS DE 15 ANOS. ANDO DE BENGALA ,MAS NÃO CURTO MUITO NÃO . ESPERO QUE A MEDICINA TENHA UM BOM RESULTADO ,POIS NÓS MERECEMOS SER CURADOS...OBRIGADO

freefun0616 3 de novembro de 2009 07:55  

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+