Suecos manifestam-se contra o veredicto dado ao Pirate Bay

domingo, 19 de abril de 2009

The Pirate Bay (TPB) é o mais famoso site de busca de BitTorrent do mundo. Um arquivo torrent, em conjunto com um programa BitTorrent, proporciona ao usuário as informações necessárias para se copiar um arquivo de outras pessoas que estão copiando ou compartilhando esse mesmo arquivo. O protocolo BitTorrent gerencia grandes arquivos, sendo utilizado comumente para compartilhar filmes, jogos e programas, o que é ilegal na maioria dos países de onde se conectam seus usuários.

Mais de mil pessoas reuniram-se nas ruas de Estocolmo no dia 18 de Abril, para protestar contra o veredito dado ao caso do Pirate Bay. A manifestação foi organizada pelo Partido Pirata Sueco, que está em campanha para as eleições do Parlamento Europeu em Junho.

Em 17 de abril de 2009, os fundadores do site, Frederik Neij, Gottfrid Svartholm Warg, Carl Lundstrom e Peter Sunde, foram considerados culpados da acusação de violar leis de direitos autorais, e condenados pela justiça sueca a um ano na prisão, e cada um deles terá de pagar à indústria do entretenimento (empresas como Sony, Warner e Fox) o equivalente a 905.000 dólares em danos. A defesa anunciou que irá apelar, o que significa que o caso provavelmente se arrastará por um bom tempo ainda.

Muitos suecos demonstraram revolta pela dura sentença que foi determinada. Protestos similares ao de Estocolmo aconteceram em outras cidades suecas.

O líder do Partido Pirata Sueco, Rick Falkvinge disse à multidão: “Políticos declararam guerra a toda nossa geração. Nossos políticos são iletrados digitais. Nós precisamos de políticos que não possam ser dominados por um poder estrangeiro.”

Daniel Nyström, também do partido acrescentou no discurso: “O Pirate Bay é um serviço completamente legítimo que transmite informação entre as pessoas. Após esse julgamento, ninguém pode se sentir seguro quando linkar um vídeo do Youtube em seu website.” Enquanto isso a multidão gritava “Libertem TPB!”

O veredicto trouxe muitos novos membros ao partido, que espera conseguir uma cadeira no Parlamento Europeu ainda este ano. Em um dia mais de 6.000 membros inscreveram-se, aumentando a contagem de menos de 15.000 pessoas para mais de 20.000.fazendo do Partido Pirata um dos maiores da Suécia. Outra manisfestação em Goteborg ocorre hoje, dia 19 de Abril.

O apoio ao TPB não para na Suécia, nem no universo online. Dia 18 um grupo de apoiadores do Pirate Bay organizou uma festa de rua na Praça Pushkin no centro de Moscou, com a aprovação do governo russo.

Um dos nomes conhecidos entre os que apóiam o site é o escritor Paulo Coelho, que chegou a se oferecer para testemunhar a favor dos acusados no julgamento. Outros Partidos Piratas foram estimulados a se organizar ao redor do mundo, como nos EUA, França, Itália e Bélgica. Na Áustria os piratas são parte do Partido comunista KPÃ.

Será que aqui no Brasil será fundado um Partido Pirata?

Fonte: TorrentFreak, Wikipédia

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+