Repórteres Sem Fronteiras divulga lista dos “inimigos da Internet”

sexta-feira, 13 de março de 2009

liberdade de expressao A entidade, que visa defender mundialmente a liberdade de expressão, fez um documento intitulado “Inimigos da Internet” com o objetivo de apontar países que fazem de tudo para impedir o livre fluxo de informações através da rede mundial de computadores.

Os 12 principais indicados são Burma, China, Cuba, Egipto, Irã, Coréia do Norte, Arábia Saudita, Síria, Tunísia, Turquemenistão, Uzbequistão e Vietnam. Eles são acusados de transformar a Internet em uma Intranet para impedir sua população de acessar conteúdos indesejados.

Os países não só censuram notícias e informações, mas perseguem seus usuários, repórteres e blogueiros. Existem 10 outros países em uma lista de observação, onde os nomes mais notáveis são os da Austrália e Coréia do Sul.

“A Internet está cada vez mais controlada e novas formas de censura estão sendo criadas, além de métodos para manipulação de informação.” A ONG ainda aponta os métodos usados como orquestrar a postagem de comentários em massa em sites populares e ataques de hackers.

Cerca de 70 cyber-dissidentes estão detidos atualmente por regimes totalitários acusados de escreverem posts online que são contrários a estes governos.

Não acho que estamos em um regime perfeito com nossos meios de mídia, mas é sempre reconfortante saber que não vivemos em um país tão fechado como os citados acima.

Para ler o relatório completo clique aqui (em inglês)

Fonte: Reporters sans frontières

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+