Garoto mata a mãe e atira no pai porque pegaram seu Halo 3?

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Daniel Petric, um rapaz de 16 anos, saiu escondido para comprar o jogo Halo 3 e quando voltou para casa seus pais tomaram-lhe o jogo e colocaram em uma caixa no armário, junto com a pistola 9mm do pai.

Mark Petric, o pai que é pastor da Assembléia Nova Vida de Deus em Wellington, relata que o garoto disse antes de atirar: Fechem os olhos, tenho uma surpresa para vocês. Ele esperava uma surpresa agradável, mas a próxima coisa que sentiu foi sua cabeça ficando insensível. Ambos receberam um tiro na cabeça. A mãe morreu, mas o pai não. A próxima coisa que Mark se lembra é do filho colocando a arma em sua mão e dizendo: Ei pai, aqui está sua arma, pegue. A outra filha do casal veio junto com o marido dela para assistir a um jogo na televisão, e Mark pôde ouvir o filho do lado de fora explicando a eles que não poderiam entrar, que o pai e a mãe tiveram uma
grande discussão. Foi então que o pai deu um grito gutural, pedindo socorro.

O rapaz está na cadeia há um ano, e o pai o tem visitado. Relata que o filho se arrependeu e que eles choram muito juntos.

A defesa de Daniel diz que o rapaz estava sob muito estresse e que não saía de casa há um ano, só vendo televisão e jogando videogames por causa de uma severa infecção por Estafilococos que contraiu praticando snowboard.

Claro que a mídia em geral já está culpando o “jogo violento” Halo 3 pelo crime, mas é extremamente simplista e superficial culpar um jogo de computador por uma situação destas. Claramente já havia algo de muito errado com o rapaz e a família. Ou todo mundo que joga Halo e outros games de tiro sai matando por aí? Vai procurar nas cadeias se a maioria dos assassinos é jogador de videogame.

Fonte: Cleveland

16 comentários:

Arthurius Maximus 16 de dezembro de 2008 04:07  

O cara se arrependeu é de ter sido pego.

Quanto ao jogo; isso tudo é uma balela só.

tamujunto 17 de dezembro de 2008 05:33  

com ctz a familia tem um problema..
ou vc acha normal guardar um jogo de videogame junto com uma 9mm em uma caixa?
Puta povo loco!

Sarah 17 de dezembro de 2008 14:39  

Penso eu que jogos violentos podem influenciar jovens a ter atitudes violentas sim, mas ainda bem que são poucos. E acredito que para o jogo influênciar o garoto tem que trazer consigo uma série de perturbações. Eh extremamente cruel atirar nos pais, e ainda dizendo que era uma surpresa. Isso eh coisa de gente perturbada. E qq família tem vários problemas, cabe a cada um saber resolvê-los e enfrentá-los neh?!?!

Já tive muitos problemas com minha mae mas nem por isso bati nela ou resolvi "facilitar" tirando ela do caminho.

Aff

um otário ece muleke ai.

Rodrigo 17 de dezembro de 2008 17:10  

Acho que jogos violentos não deixam as pessoas violentas.... acredito que pessoas violentas gostam de jogos violentos... e só!

Dmitry 17 de dezembro de 2008 17:15  

Concordo que pessoas violentas sempre existiram. Elas vão procurar estes jogos violentos e vão fazer besteiras com ou sem estes jogos.

Na década passada era comum dizer que as pessoas violentas viravam hooligans por causa dos jogos de futebol. Agora são os games, depois vamos ver quem será

meh 17 de dezembro de 2008 22:33  

eu adoro jogos violentos, sempre gostei de fps, joguei carmageddon desde pequeno e nem por isso hj eu saio por ai atropelando pessoas com meu carro.

mas a midia gosta de escandalos então pq não botar a culpa no jogo :P

Evandro 18 de dezembro de 2008 00:04  

o pai que é pastor da Assembléia Nova Vida de Deus em Wellington e tem uma 9mm guardada com ele???

Pq? não acredita na proteção de Deus? kkkkkkk

Fábio 18 de dezembro de 2008 01:53  

Uma vez eu vi uma história que era o seguinte: um cara gamer resolveu viajar num avião de passageiros, e ele de alguma maneira conseguiu entrar armado. Ele rendeu a tripulação, matou o piloto, e começou a ele mesmo pilotar o avião. Por algum tempo ele conseguiu manter o avião sob controle, mas depois de um tempo ele não conseguiu mais e ele deu o comando para o co-piloto, que pousou o avião no aeroporto mais próximo onde o tal gamer foi preso.
Sabe qual era o jogo que o cara era viciado? Flight Simulator.
Conclusão: QUALQUER COISA é influência para assassinos. Ponto. De vez em quando acontece de ser um jogo de videogame, mas muitas vezes podem ser filmes, livros, músicas, televisão, qualquer forma de mídia ou arte, se brincar até balé...

Anônimo 18 de dezembro de 2008 02:46  

primeiro oque um pastor esta fazendo com uma arma em casa?
segundo guardar uma arma do lado de um jogo é igual a guardar pirulito do lado de veneno
Terceiro essa familia ja tem problema....

Anônimo 18 de dezembro de 2008 03:17  

huaehuaehuaehuae

É a mesma coisa que um assassino atropelar 20 na rua e culparem a montadora do carro pela chacina.

A mídia é uma piada. =]

Anônimo 18 de dezembro de 2008 05:19  

Isso tudo é apenas a tese da defesa, para tirar a culpa de um réu confesso, e colocar a culpa em "outra coisa", para aliviar a pena.

É normal esse tipo de tese "dissimulação de assunto" ou "culpabilidade da influência irresistível" em réus confessos ou pegos em fragrante, basta acompanhar outros processos juridicos mundo afora.

Anônimo 18 de dezembro de 2008 09:06  

Caralho!!! O pai recebeu um HEADSHOT e continuou vivo ?!?!?!?! O que ele é ? Um cheater ?

Yan 18 de dezembro de 2008 10:52  

O que um cara tem na cabeça pra guardar uma arma junto com um jogo de um filho pirado ou ele queria morrer ou querias que o filho dele gastasse munição jogos só influenciam quem não tem juizo de natureza eu jogo grand thef auto GTA jogo Bully e nem por isso eu vou sair matando os outros por aí e outra coisa se o jogo estava guardado ele não tinha jogado então o jogo não deu exemplo o culpado é o pai de deixar uma arma ao alcançe de CIANÇA.

Maurice 18 de dezembro de 2008 11:32  

Boa, vou sair matando todo mundo também ^^

Isso é coisa da imprensa americana, sempre querendo culpar alguém pelo sistema familiar falido deles.
Uma outra coisa: o quê um PASTOR fazia com uma 9mm em casa? [ironia]

Eu jogo Halo e o jogo me RELAXA, já que mando embora todas as minhas tensões.

João Henrique 26 de dezembro de 2008 23:16  

Ué, como poderia ser influência de Halo 3, se os pais pegaram o jogo antes dele? Culpa do cara mesmo, que não tem respeito à vida

Anônimo 7 de abril de 2014 20:58  

Daqui a pouco cada um dos dois vai acabar tendo um fim trágico! Vão fazer um pacto de morte juntos para reencontrarem a mãe, mas vão parar na casa do diabo e serem possuídos pelo demônio! Por isso, atenção para jovens terem mais cuidado!

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+