HIV positivos poderão usar chip para que governo os vigie

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Pensei que os direitos humanos estavam no fundo do poço quando a Inglaterra cogitou colocar chips no corpo de presos (clique aqui para ler). Mas esta é ótima.

Na província de Papua, na Indonésia, o número de infectados com o HIV/AIDS por grupo de 100 mil habitantes é quase 20 vezes maior do que no resto do país. A doença está se espalhando rapidamente entre prostitutas e donas de casa. Alguns rituais que envolvem troca de casais e a má educação sobre o assunto também ajudam neste número preocupante.

Para resolver o problema, o parlamento local teve uma idéia brilhante. Instalar chips com a tecnologia RFID (clique aqui para conhecer) nas pessoas HIV positivas para que elas possam ser monitoradas.

Inicialmente os chips seriam instalados em pessoas que aparentem ser sexualmente ativas. John Manangsang, um dos apoiadores da lei explica que "é uma tecnologia simples. Um sinal do microship vai seguir todos os movimentos e isso vai ser recebido pelas autoridades de monitoramento." Se esta pessoa for pega infectando uma outra saudável, punições serão aplicadas. Mas estas não foram especificadas.

Se o indivíduo já não tem direitos a ponto de ser obrigado a usar um chip, imagine o tipo de punição que será aplicada.

Esta maravilha de lei, que inclusive serve de exemplo para o mundo (sim, estou sendo sarcástico), será votado até o fim de novembro. Eu só tenho esperança de que este tipo de coisa não vai cair aqui no Brasil porque os políticos dependem muito da opinião pública.

Fonte: Gizmodo, Reuters

10 comentários:

Anônimo 1 de dezembro de 2008 10:25  

concordo com este tema abordado!!!
acho justo uma pessoa que é ciente que esta doente,pagar por seus atos..de sexo nao seguro!!
diferente de quem nao sabe..mesmo tendo todo ano campanha contra hiv/aids...!
nao é feio ou errado estar contaminado...mas deixar-se se tranformar em uma arma contra humanidade sim!!

Anônimo 1 de dezembro de 2008 12:46  

Eu acho que todo portador de HIV/AIDS deveria ser castrado quimicamente, assim toda a sociedade seria protegida. E se mesmo assim houve provas de contaminação intencional, esse sujeito deveria ser preso em perpétua.

Christian 1 de dezembro de 2008 13:13  

achei interessante.

Anônimo 1 de dezembro de 2008 15:46  

Nossa!eu não iria comentar nada, mais diante de tanta BARBARIDADE e asneiras ditas aqui, tenho que dar meu comentário!
Absurdo!Pára com isso né, ter que monitorar as pessoas, colocar chips, daqui a pouco teremos que pedir permissão para ir ao banheiro,chega de tantas leis inuteis, principalmente de CONTROLE das pessoas. Nesse caso é simples! Não quer se contaminar, FAÇA SEXO SEGURO E PRONTO!!! A responsabilidade é sua...chega de controle de governo pra tudo, a ultima no BRASIL pra quem não tem conhecimento, vai lei em cima da BATATA FRITA...em cima da gordura, não a controle governamental, direito a liberdade e SEXO SOMENTE SEGURO!!! Não pega HIV e nem DOENÇAS VENEREAS...a responsabilidade é sua!!!

vivi 1 de dezembro de 2008 18:30  

acho a idéia mto boa...
assim teremos menos pessoas
infectadas...

Dmitry 1 de dezembro de 2008 20:50  

Mesmo que para muitos esta idéia possa parecer boa, precisamos lembrar que ela representa uma enorme derrota para a liberdade individual.

Se hoje deixarmos passar um absurdo destes porque queremos menos pessoas infectadas, depois serão desculpas menos graves e no fim das contas estaremos todos usando chips e prestando contas ao governo, porque assim "a criminalidade diminui".

Anônimo 3 de dezembro de 2008 10:05  

bom, eu aposto que as pessoas que seriam obrigadas a usar esse chip, acham essa lei absurdas, mas aposto que se essa lei existisse antes de eles serem contaminados, eles agradeceriam...
quanto aos que acham que o governo não deve se entrometer...
depois não vai pedir pra esse mesmo governo pagar o tratamento...

Anônimo 3 de dezembro de 2008 12:02  

Começa dessa forma. Mostrando que o chip é bom, que vai trazer segurança para os pais pois vão saber exatamente aonde estão seus filhos pequenos, monitorando presos que estão em liberdade,etc.

Depois TODAS as pessoas vão ser obrigadas a utilizar o chip. Nela vai haver toda as informações financeiras, dados pessoais, só poderá "comprar e vender aquele que tiver a marca".

Que coincidência que de tantos lugares do corpo humano ele vai ser colocado na testa (pensamento) e na mão direita (trabalho) do mesmo jeito que está no livro das revelações. Coincidência?

Dmitry 4 de dezembro de 2008 10:16  
Este comentário foi removido pelo autor.
Dmitry 4 de dezembro de 2008 10:18  

Não sei se ele será na testa, mas se um dia quiserem começar esta moda aqui no Brasil você pode apostar que eu serei um dos que mais vai tentar fazer barulho contra.

Não quero ser monitorado por governantes corruptos seja qual for o motivo. Anti-sequestro, melhores comprar, desconto em impostos. Qualquer motivo não vale a pena.

Sem contar que este é um chip comum de Rfid, qualquer um vai poder ter um scanner. Se colocarem um para quem tem HIV?AIDS imagine o preconceito ao qual estas pessoas serão expostas.

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+