Proud American tenta trazer de volta o orgulho americano

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Tem certas coisas que deixam o mundo todo com raiva dos americanos. A principal delas é a visão de que eles são melhores do que todo mundo. Graças a Bush Jr. o mundo passou a odiar ainda mais os EUA. Seu segundo mandato serviu para que os próprios americanos começassem a duvidar da sua superioridade.

Tentando fervorosamente reverter este cenário, um grupo de empresas como a rede Wall Mart, Coca-Cola, MasterCard e American Airlines se juntou para realizar o filme Proud American (Americano Orgulhoso). A produção conta 5 histórias de determinação, coragem e desafios. Coisas como um garoto negro, de um bairro pobre que vira médico. Uma imigrante que se torna uma CIDADÃ (que honra) americana de sucesso. Um fuzileiro que perde o movimento das pernas e vira um atleta de sucesso, ente outras.

Proud American não agradou ninguém, nem mesmo os americanos. O filme estreou em setembro, fazendo a pior estréia em circuito reduzido desde 1982, com 96 mil Dólares em 750 salas, ou 128 Dólares por sala. A crítica também caiu matando no filme, que pelo seu trailer (que você confere abaixo) parece ser bem ruim mesmo. Proud American foi escrito, produzido e dirigido por Fred Ashman, que segundo o IMDB nunca fez nada antes no mundo do cinema.



Para quem entende inglês, o site Cracked deixou bem claro o quanto eles odiaram o filme, clique aqui e confira.

2 comentários:

Rei da Cocada Preta 23 de outubro de 2008 22:05  

Rapaz eles devem estar mal mesmo das pernas para fazer um filme deste gênero. Quem diria, o American Way of Life sendo reduzido a pó. A crise deve estar bem braba lá...

Dmitry 24 de outubro de 2008 13:31  

Pode ter certeza. Isso não é só a crise, mas o péssimo trabalho feito por Bush Jr.

Eles estão e devem ficar desesperados com o colapso do American Way of Life.

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+