Insatisfação foi a vencedora do primeiro turno em Salvador

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

O primeiro turno das eleições na capital baiana chegou ao fim. O TSE tenta esconder mas nenhum dos candidatos foi campeão o da população. Das pessoas que eu conheço não existe uma pessoa que tenha achado o resultado satisfatório, nem mesmo aqueles que votaram nos dois que continuam na disputa.

Talvez o maior motivo disso sejam os problemas pelos quais Salvador passa. Vou fazer uma rápida recapitulação do primeiro turno, principalmente para quem não mora aqui. João Henrique, prefeito da cidade e candidato mais votado fez um número imenso de obras no último ano de governo, deu desculpas para só trabalhar por 12 meses e por fim assumiu o papel de vítima, afinal o assunto da eleição é o quão ruim estão as coisas por aqui. Ser a vítima não dá certo somente no Big Brother e funcionou muito bem para o candidato do PMDB.

Pinheiro era o candidato do PT e apostou todas as suas fichas na parceira com o presidente Lula, mas levou uma enorme rasteira porque Lula não quis aparecer em campanhas de candidatos rivais do PT que fizessem parte da base do governo. Como Pinheiro não era muito conhecido da população o tiro funcionou, mas não como ele esperava. No segundo turno Lula já disse que não bota os pés em Salvador, para a felicidade de João, que usa mais a imagem do presidente do que o candidato do PT.

ACM Neto foi vítima do próprio nome, pois o seu avô tem um grande número de admiradores e também muitos que o odeiam. No local onde votei pessoas gritavam que ele era "mais do mesmo" e que era "o retorno do Jedi". Acabou em terceiro.

Imbassahy começou como um dos mais prováveis vencedores da disputa, mas sua campanha perdeu o foco e ele acabou com a pífia votação de 8%.

Mas o que o TSE escondeu de todos foi o resultado real da eleição. Só se divulgam os votos válidos, esquecendo as pessoas que preferiram não votar. Os números são fornecidos pelo próprio TSE. O eleitorado de Salvador é de 1.747.278, mas somente 1.451.991 compareceram, resultando em um número de 295.287 eleitores que não votaram. Somando este número ao de votos brancos (52.728) e nulos (98.909) dá um total de 446.924 pessoas que não queriam nenhum dos candidatos.

O candidato mais votado (João) teve 402.684, seguido por Pinheiro com 390.933, ACM Neto com 346.881, Imbassahy com 108.660 e Hilton com 51.196. Nenhum deles superou o número de pessoas que não queria nenhum deles.

Isso deveria ser um recado para o TSE e para os partidos, mostrando que há algo de muito errado na cidade. Mas todos preferem esconder estes fatos, mostrando apenas os números dos votos para cada candidato. Talvez seja também a hora de se pensar no voto facultativo, afinal ninguém "exerce a cidadania" quando está sendo forçado.

E você? Ficou feliz com o resultado das eleições na sua cidade?

1 comentários:

Lud 13 de outubro de 2008 08:31  

excelente comentário!

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+