O barulho que fazemos nos mares pode estar matando mamíferos marinhos

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Nós não cansamos de achar novas maneiras de atrapalhar a vida de outras espécies que vivem em nosso planeta. Agora o barulho que fazemos nos mares estão atrapalhando a caça e a reprodução de mamíferos dos mares. Em alguns pontos dos mares os níveis de barulho estão duplicando a cada década.

Barulho feito por sonares de navios militares e por motores de grandes navios é maior do que aquele que produzimos fora d’água (e olha que temos aviões supersônicos do lado de cá do nível do mar). Baleias emitem chamados de baixa freqüência que viajam milhares de quilômetros, golfinhos emitem sinais de alta freqüência para encontrar suas presas. Logicamente o som é um elemento importante para mamíferos marinhos.

Outro problema encontrado nos mares é o aumento na quantidade de plataformas de petróleo nos mares. Toda esta perfuração faz um barulho imenso no fundo do mar.

A International Fund for Animal Welfare está pressionando governos ao redor do mundo para que estes níveis de barulho sejam diminuídos. Algumas empresas e a marinha americana voluntariamente diminuíram os níveis de ruído produzidos no mar mas a IFAW afirma que isso não está nem perto do ideal

“Enquanto ninguém souber as conseqüências precisas para animais específicos, a não ser que a comunidade internacional tome medidas preventivas nós só descobriremos o dano que estamos causando quando for tarde demais”, afirma o representante da IFAW.

O vídeo abaixo mostra um grupo de baleias fugindo do som de um cruzador da marinha e relaciona a morte de um grupo de mamíferos marinhos a um treinamento realizado pela marinha no mesmo dia.

Nós precisamos achar uma maneira de conviver com os outros animais do nosso planeta. Desta maneira terminaremos destruindo a todos e por fim a nós mesmos. Me pergunto se as turbinas subaquáticas que mostrei aqui há alguns dias (clique aqui para ver) terão influência negativa nos mares.

Fonte: mental_floss

3 comentários:

Isabel 23 de setembro de 2008 19:41  

é o tipo de coisa que me causa tristeza e revolta, mas não tenho muita esperança de que os seres humanos em geral pretendam ou um dia consigam respeitar outras formas de vida.

Dmitry 24 de setembro de 2008 08:59  

Tenho esperança que a ação de ongs e das próprias pessoas façam com que empresas tomem ao menos algumas atitudes para melhorar nossa relação com o meio ambiente

Isaias Malta 26 de setembro de 2008 23:26  

Uma matéria belamente resgatada! Infelizmente o ruído, entre todas as poluições que produzimos, não é tão valorizado como fator ameaçador da vida.

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+