Fox dá tiro no próprio pé e acaba com Missão Babilônia (Babylon A. D.)

terça-feira, 26 de agosto de 2008

É impressionante que geralmente o nome da Fox esteja unido a alguma crítica contra ela mesma. A empresa é acusada de ser uma das maiores apoiadoras do governo Bush e das guerras deflagradas por esta administração, além de estar sempre interferindo (nem sempre positivamente) no desenvolvimento de produções feitas com seu nome.

Agora é a vez de Missão Babilônia (Babylon A. D.), novo filme de Vin Diesel ser vítima da empresa. Primeiro foram rumores de que os produtores haviam exigido que o diretor não interferisse na edição do filme. Relata-se que cerca de 70 minutos foram retirados do filme. Apesar de ele confirmar apenas o corte de 15 minutos.

Agora a Fox não quer que ninguém veja o resultado final antes da estréia, que acontece nesta sexta nos EUA. Geralmente quando isso acontece significa que o corte final não é tão bom. Quem teve a oportunidade de ver o filme diz que ele é muito confuso, fazendo com que o espectador não se importe com o destino dos personagens.

Para finalizar este espetáculo terrível o diretor Mathieu Kassovitz, que dirigiu Rios Vermelhos, está detonando o próprio filme. “Estou muito descontente com o filme” afirmou o diretor, que reclama de não ter tido a chance de fazer uma cena sequer da maneira que desejava. Ele continua dizendo que o roteiro não foi respeitado.

“Maus produtores, maus parceiros, foi uma experiência terrível”, aponta Mathieu. “A Fox mandava advogados que olhavam para todos os pontos e vírgulas. Ele fizeram tudo mais difícil, de A a Z”. O diretor finaliza confirmando o boato de que foi forçado a mudar a edição do filme para apertar a história em confusos 93 minutos.

Todas estas notícias me deixam muito triste, pois tinha uma grande expectativa pelo retorno de Vin Diesel para os filmes de ação. Espero que não seja tão ruim quanto parece e que um dia a versão do diretor saia em DVD para vermos o roteiro como ele deveria ter sido mostrado. Missão Babilônia têm estréia marcada para o dia 26 de setembro aqui no Brasil e se quiser saber mais sobre o filme ou ver o 2 trailers lançados clique aqui.

[UPDATE] - A cada entrevista que o diretor Mathieu Kassovitz cede, novas informações surgem. Ele disse em entrevista a AMCTV que o filme, que é baseado no livro francês Babylon Babies, tenta passar a mensagem de que a educação que é dada às crianças de hoje moldará a sociedade do amanhã, mudando assim o futuro do nosso planeta. "Todas as sequências de ação tinham um propósito, agora partes do filme parecem um episódio ruim de 24 Horas". Mathieu finaliza dizendo que a Fox só queria um filme com censura leve.

Sobre a edição forçada do filme ele disse que Vin Diesel chegou a perguntar se ele sequer ainda estava no filme, ou se tinha ficado no chão da sala de edição.

Fonte: Ain’t It Cool News

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+