Governo americano tortura inspirado por Jack Bauer

segunda-feira, 28 de julho de 2008

bauer-torture Parece mentira, é absurdo, mas o maior influenciador na criação da política americana moderna de interrogatórios não é nenhum advogado, psicólogo ou perito. O principal exemplo para os interrogadores é o personagem Jack Bauer, da série de TV 24 Horas.

 

Os livros The Dark Side de Jane Mayer e The Torture Team de Philippe Sands relatam diversos fatos que levam diretamente a este pensamento. Advogados responsáveis pela criação da política de interrogatórios citam o personagem mais frequentemente do que a própria constituição.

 

Em seu livro Sands afirma que Bauer foi uma inspiração utilizada pelos soldados em reuniões de brainstorm na base de Guantanamo em setembro de 2002. Ele ainda diz que a juíza Diane Beaver, que deu aprovação legal para 18 técnicas incluindo humilhiação sexual e aterrorizar os presos com cães afirmou que Bauer "deu muitas idéias às pessoas". Michael Chertoff, chefe de segurança nacional, afirmou que a série "reflete a vida real". O juiz da suprema corte americana Antonin Scalia disse que "Jack Bauer salvou Los Angeles,... Ele salvou centenas de milhares de vidas. Você vai condená-lo?"

 

A desculpa que geralmente a série utiliza é de que o personagem encontra-se em uma posição iminente de desastre e por causa disso ele está pressionado contra o tempo. Mas de acordo com a Parents' Television Council Bauer encontra-se neste tipo de situação pelo menos 12 vezes por temporada. Levando-se em consideração que cada temporada tem 24 horas nós chegamos a conclusão de que o personagem precisa torturar alguém 12 vezes por dia (que emprego estressante).

 

Peritos em interrogatórios afirmam que as informações retiradas através de tortura dificilmente são confiáveis, mas o engraçado é que Jack Bauer sempre extrai a verdade das pessoas que tortura pois sabe quando alguém está mentindo.

 

O irônico é que o personagem fictício não quer que uma lei de tortura seja feita. Ele sempre sabe quando está cruzando a lei e está pronto a enfrentar qualquer tipo de punição por seus atos. Isso é bastante heróico, mas completamente diferente do comportamento dos torturadores da vida real, que não só procuram advogados para defendê-los, como esperam que legisladores criem leis que permitam coisas deste tipo. Para os oficiais do governo Bush a doutrina parece ser "se Bauer faz, isso não pode ser ilegal".

 

O livro The Dark Side mostra também histórias de pessoas que caíram nas garras de torturadores americanos como Mamdouh Habib, um australiano que estava no Paquistão e foi capturado e espancado por interrogadores. Além de baterem nele com  ferramentas para gado, ameaçaram estuprá-lo utilizando cães. Claro que ele confessou qualquer coisa que perguntaram, mas depois de três anos Habib foi libertado por não haverem provas contra ele. A diferença entre a tortura real e a feita por Jack Bauer é que a ficcional só dura uns 10 minutos.

 

eu te disse Agora é a vez do "momento eu te disse", pois Isabel assistiu apenas 2 temporadas de 24 Horas e desde o início da primeira que ela viu (a quarta da série) ela dizia que esta série só servia para afirmar que a tortura feita por soldados americanos é justificada. Além de reforçar aquela idéia de que o governo está certo em desconfiar e vigiar todo mundo.

 

Na minha opinião só pela série ser do canal Fox ela já tem alguma ligação obscura com a Casa Branca. Não discordo da opinião de Isabel, mas mesmo assim ainda gosto da série principalmente pelo formato que torna tudo muito urgente. Claro que Bauer poderia trabalhar torturando menos e atuando em áreas um pouco diferentes do que somente o terrorismo, afinal existem muitas guerras para se lutar. Mas para quem viu o trailer da sétima temporada (clique aqui para ver) sabe que ele torturará novamente.

 

Fonte: Slate

 

<P.S>A relação íntima de Bauer com a tortura já virou piada. Veja abaixo uma imagem da caracterização do personagem no jogo The Sims 2. Segundo se sabe ele viu um cara gordo tentando invadir uma casa pela chaminé. Obviamente ele precisava extrair a verdade da maneira que sabe melhor.</P.S>

 

jack bauer sims2

2 comentários:

Marcio Melo 28 de julho de 2008 20:20  

Jack Bauer uooooooooohhhhhhhhh!!!

Por isso que eu tenho até um diorama com o "boneco" de Jack Bauer! uhauhauha

Isabel 29 de julho de 2008 21:45  

Eu te disse!Eu te disse!Eu te disse!Eu te disse!Eu te disse!Eu te disse!Eu te disse!Eu te disse!

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+