Cientista da NASA diz que estamos sendo enganados a respeito do aquecimento global

sexta-feira, 27 de junho de 2008

James Hansen é um nome conhecido das pessoas que acompanham as notícias sobre o aquecimento global. Ele é o chefe do Instituto de Estudos Espaciais Goddard da NASA, que fica em Nova Iorque e disse ao Congresso americano na semana passada que o nível de CO2 na atmosfera já está atingindo um patamar perigoso. A situação só deve piorar se o problema não for enfrentado pelas autoridades. Atualmente a concentração de CO2 está em 385 partes por milhão (uma medida para soluções muito diluídas) e este número cresce em 2 ppm a cada ano.

Hensen pede a moratória de qualquer nova usina de energia a carvão e sugere a criação de linhas de força que sejam mais eficientes, fazendo com que usinas solares e eólicas tenham alguma chance ao competir com os métodos poluidores.

O cientista ainda vai mais longe ao dizer que os presidentes de empresas que utilizam largamente combustíveis fósseis deveriam ser processados por crimes contra a humanidade, porque eles usam estudos comprados e cientistas sem credibilidade para enganar o público dos riscos que a liberação de CO2 representa. Hensen ainda faz uma ligação desta situação com a indústria do cigarro, que usou os mesmos métodos para ocultar a ligação de seu produto com o câncer.

Segundo ele o novo presidente americano precisa ter uma agenda de prioridade nacional para o problema do CO2, da mesma maneira que Kennedy fez da corrida espacial uma meta. Hansen também diz que uma das maiores barreiras é o lobby das empresas de combustíveis fósseis, que gasta milhões para manter o público bem distante da verdade.

O governo Bush não fez nenhum movimento para tentar diminuir a produção de combustíveis fósseis. Só para citar alguns exemplos, existia um estudo que reunia 10 anos de pesquisa científica sobre mudanças climáticas e o governo de George W. Bush simplesmente proibiu os seus cientistas de usar seu conteúdo ou de sequer se referir a ele. Outro fato interessante foi que um lobista da indústria do petróleo chamado Philip Cooney foi apontado como chefe de um conselho da Casa Branca sobre qualidade do meio ambiente. Ele foi demitido após ser pego modificando dados e informações científicas de documentos em 2005. Coincidentemente ele foi imediatamente empregado pela Exxon logo após.

Para mim as acusações de Hensen não são nenhuma novidade. Eu sempre espero o pior da família Bush e acredito que qualquer coisa só irá mudar depois das eleições americanas. Quando este dia chegar torço para quem quer que seja o presidente tomar alguma atitude para que o maior poluidor do planeta comece a se mexer para melhorar o mundo em que vivemos.


Fonte: Daily Galaxy

13 comentários:

G 27 de junho de 2008 08:18  

Espero que o Obama ganhe e que faça alguma coisa para combater o que este governo escondeu durante anos!
E seria interessante "julgar" o Sr. Bush pelo que fez, não?!

Abraço!

Isabel 27 de junho de 2008 12:58  

Espero que se um democrata ganhar realmente mude alguma coisa em relação à política ambiental, porque os lobbies são poderosos e para chegar a um cargo de tanto poder é necessário se comprometer com muitos grupos e interesses.
O que tinha que mudar mesmo é a consciência do povo americano, que passaria a exigir de seus líderes atitudes diferentes. Enquanto a maioria tiver a cabecinha de m... que está aí, tudo fica mais ou menos na mesma, ninguém vai ser punido ou terá que rever a ética e responsabilidade. Só quem perde são as pessoas, o planeta e as formas de vida que o dividem conosco e não têm a menor culpa da degradação que ocorre cada vez mais rápido.

Paulo "Seph" 1 de julho de 2008 08:33  

Por que devemos ter esperança de um presidente americano ser eleito? Isso é prioridade mundial. Não é só americano que tem que ditar o que fazer e o que não fazer com pretróleo oras.

Macgiver 1 de julho de 2008 10:40  

se Obama ganhar as eleições, a prioridade dele é invadir a Amazônia e não combater a poluição interna nos EUA!!! Abaixo Obama!!!

Dordete 1 de julho de 2008 11:56  

O melhor que esse cara pode fazer para diminuir as emissões de CO2 é parar de respirar. Pára de dizer besteira... Vulcões emitem mais CO2 que toda a humanidade.

Andre 1 de julho de 2008 12:06  

Quem tiver interesse em saber sobre o assunto, existe um Livro chamado "O SÉTIMO SELO" tão polemico quando "O CODIGO DA VINCI" retrata toda a mafia que existe por traz dos combustiveis fosseis, explica detalhadamente o que este cientista pouco falow, porem narrado como um romance ficticio, onde no final o autor diz que se baseou em documentos reais!!
E assustador o que o livro diz, e reaklmente retrata tudo que esta acontecendo hj!

Vale a pena ler, pois é uma historia tensa, que te prende do inicio ao fim, e vale a divulgação geral!

Anônimo 1 de julho de 2008 13:12  

Fim do mundo negada!

kkkkkkkkkkkkk

Dmitry 1 de julho de 2008 14:50  

Como presidente de um dos países mais poluidores do mundo, o próximo presidente americano precisa tomar alguma atitude, pois a poluição americana afeta o mundo todo. Por isso existe tanta esperança no Obama.

A invasão da Amazônia só será uma realidade quando começar a faltar água potável para os países "ricos". Por enquanto ainda não é o momento. Poucas pessoas dão real valor ao meio ambiente, por isso não justifica uma invasão. Quando for a hora eles dizem que o MST é um grupo terrorista e invadem.

Sobre o livro "O SÉTIMO SELO", valeu a dica. Vou procurar para ver.

kaike 1 de julho de 2008 15:41  

Boicotar produtos americanas seria uma boa solução.

Anônimo 1 de julho de 2008 16:26  

"Sem novidades no front".

Anônimo 1 de julho de 2008 20:56  

Não acredito que o próximo presidente dos EUA terá boa vontade para encarar o problema de frente, afinal, ele vai estar na Casa Branca porque o povo americano vai elegê-lo. E o povo americano só quer fartura e vida boa, com muito combustível para queimar nas corridas de caminhão, barco e outros caprichos que uma sociedade abastada como aquela quer perpetuar. Os americanos precisam mesmo é de mudar seus hábitos de consumo exagerados e abrir mão de seus caprichos, pensando melhor no futuro de seus filhos e netos. Consumo à moda norte-americana é suicídio da espécie humana.

Anônimo 21 de abril de 2011 11:04  

Um plagiador copiou este post, na íntegra, colocou no blog dele mudando somente o título (que não tem nada a ver com o texto), nem leu o texto direito, não entendeu a mensagem... e fez uma confusão danada... que trouxa. Pipoca, vá na home do Ocioso e comprove;-)

Dmitry 21 de abril de 2011 12:36  

Vou lá procurar. Valeu a dica.

Related Posts with Thumbnails

  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP  

Google+